FAAD já assinou contrato de arrendamento e reúne amanhã com pais e funcionários do “KIKAS”

 

A Fundação Aurélio Amaro Diniz (FAAD) marcou, para amanhã, uma reunião com os ex-funcionários da insolvente Associação de Solidariedade Social “O KIKAS” e encarregados de educação.

A IPSS que, esta semana foi confrontada com o novo caso social e não hesitou em fazer parte da solução, assinou ontem mesmo o contrato de arrendamento com o proprietário do imóvel e está, assim, disponível para dar continuidade às valências já existentes.

“Todos os pais que pretenderem, podem efetuar as inscrições a partir das 15h00 de amanhã nas instalações da FAAD”, afirmou há instantes o presidente do Conselho de Administração da instituição ao correiodadabeiraserra.com, revelando ainda a possibilidade de a FAAD poder continuar a assegurar os postos de trabalho a algumas das funcionárias.

Ainda que esteja decidido em tudo fazer, para poder abrir portas já na próxima segunda-feira, o conhecido médico oliveirense considera importante ter conhecimento de toda a realidade associada ao “Kikas” e “não tomar decisões em cima do joelho”.

“Não podemos fazer o mesmo que fez a anterior gestão”, observou o responsável pela FAAD, destacando a necessidade de fazer um seguro para cada uma das crianças e apetrechar o espaço com o equipamento essencial para a prática educativa, já que o que lá existe “é muito escasso”.

A liderar um processo que, em todos os aspetos, se pretende demarcar do “KIKAS” – “não queremos estar associados a esse nome” , frisou – o presidente do Conselho de Administração da IPSS esclareceu que o espaço não vai ser dirigido por uma nova gestão, mas sim pela FAAD.

Segundo adiantou, o objetivo é que, dependendo sempre do número de inscrições, se mantenham as valências que funcionavam no espaço. Em causa poderá estar, no entanto, a continuidade do ensino do primeiro ciclo privado – estavam inscritas sete crianças – que, como garantiu o médico a este diário digital, decorria de “forma ilegal”. O assunto vai ser discutido segunda-feira na Direcção Regional de Educação do Centro.

LEIA TAMBÉM

Jovens cientistas da EPTOLIVA de Tábua desenvolvem Compósito Antisséptico e conquistam segundo lugar na XI Mostra Nacional de Ciência

Jovens estudantes da Eptoliva, na Tábua, no distrito de Coimbra, desenvolveram uma solução desinfectante a …

A escola ou a escolinha (?). Autor: António Ferro.

Durante várias décadas, fui assistindo às mudanças (algumas drásticas e escusadas) no sistema de ensino …