FAAD quer levar cuidados de saúde junto dos idosos e isolados

 

Os cuidados médicos e de enfermagem vão ficar mais próximos da população idosa e isolada.

A iniciativa é do Conselho de Administração (CA) da Fundação Aurélio Amaro Diniz (FAAD) que se prepara para candidatar ao PRODER, a aquisição de uma unidade móvel de saúde.

“É uma necessidade que sentimos, há muito tempo, para prestar assistência às pessoas mais idosas que não conseguem aceder ao Centro de Saúde e não têm acesso aos transportes”, afirmou há instantes ao correiodabeiraserra.com o presidente do CA da FAAD, dando conta da existência de localidades onde não passa um autocarro uma vez por semana.

Sensível relativamente ao que considera ser um problema entre a população mais idosa, a equipa dirigida por Álvaro Herdade pretende fazer chegar, junto da mesma, uma carrinha equipada com meios de diagnóstico, capaz de recolher análises clínicas e de efetuar consultas médicas e de enfermagem.

Para além disso, o clínico destaca também a particularidade de a unidade móvel de saúde, estimada em 100 mil euros, poder funcionar como “mini hospital de emergência”, em situações de catástrofe verificadas no concelho ou fora dele.

Decidido em “tornar o sonho realidade”, Álvaro Herdade reconhece a mais-valia do projeto quer para o concelho, quer para as populações mais carenciadas e distantes.

Ainda que sem condições para avançar com a possível data para o arranque do projeto, Álvaro Herdade acredita que a unidade móvel comece a circular ainda este ano.

Em causa está um projeto que consta de um conjunto de obras que a FAAD tem em curso, com destaque para a renovação do Lar de Idosos, onde estão a decorrer trabalhos de ampliação e de requalificação da cozinha e lavandaria. Álvaro Herdade destacou ainda a mudança de elevadores, a elaboração do plano de emergência e a construção da nova morgue.

LEIA TAMBÉM

Alexandrino acusa alguns médicos de “boicote” ao SAP “numa tentativa de ele fechar” e coloca em causa qualificação de um clínico

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital teceu hoje duras críticas a “alguns …

Saúde em Oliveira do Hospital continua envolta em crise, utentes queixam-se e presidente da Câmara reconhece que solução não está nas mãos da autarquia

Uma utente não conseguia disfarçar a sua indignação por não ter, mais uma vez, conseguido a …