Fabriconfex: Trabalhadores reúnem-se esta tarde em plenário

Os 180 trabalhadores que, no passado mês de Novembro, suspenderam os seus contratos de trabalho, devido ao atraso no pagamento dos salários, voltam hoje a concentrar-se à porta da empresa.

Em causa está o facto de, hoje terminar, o prazo dado pelos trabalhadores à administração da Fabriconfex para avançar com uma solução de viabilização daquela unidade de confecções.

“Os trabalhadores querem saber qual o futuro da empresa”, referiu no passado dia 5 de Janeiro a presidente do Sindicato dos Têxteis e Vestuário do Centro, Fátima Carvalho, lamentando o silêncio da administração da empresa.

Foi exactamente no plenário realizado naquela data que, os trabalhadores definiram o dia 11 de Fevereiro como a data limite para a administração dar respostas concretas em relação ao futuro da Fabriconfex.

Às 14h30, trabalhadores e Sindicato voltam a concentrar-se em frente das instalações daquela unidade de confecções, mas a este diário digital Fátima Carvalho disse não esperar por grandes novidades, porque ainda não obteve qualquer resposta por parte da administração da empresa.

LEIA TAMBÉM

PSA anuncia produção de carros de lazer na fábrica de Mangualde

Depois de ameaçar encerrar a produção em Portugal, o grupo francês PSA aumenta a pressão …

Câmara da Guarda: Álvaro Amaro exige ser ouvido pelo Governo na estratégia nacional para o lítio

O presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro (PSD), emitiu ontem um comunicado onde …