Fabriconfex: Trabalhadores reúnem-se esta tarde em plenário

Os 180 trabalhadores que, no passado mês de Novembro, suspenderam os seus contratos de trabalho, devido ao atraso no pagamento dos salários, voltam hoje a concentrar-se à porta da empresa.

Em causa está o facto de, hoje terminar, o prazo dado pelos trabalhadores à administração da Fabriconfex para avançar com uma solução de viabilização daquela unidade de confecções.

“Os trabalhadores querem saber qual o futuro da empresa”, referiu no passado dia 5 de Janeiro a presidente do Sindicato dos Têxteis e Vestuário do Centro, Fátima Carvalho, lamentando o silêncio da administração da empresa.

Foi exactamente no plenário realizado naquela data que, os trabalhadores definiram o dia 11 de Fevereiro como a data limite para a administração dar respostas concretas em relação ao futuro da Fabriconfex.

Às 14h30, trabalhadores e Sindicato voltam a concentrar-se em frente das instalações daquela unidade de confecções, mas a este diário digital Fátima Carvalho disse não esperar por grandes novidades, porque ainda não obteve qualquer resposta por parte da administração da empresa.

LEIA TAMBÉM

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …

PSA anuncia produção de carros de lazer na fábrica de Mangualde

Depois de ameaçar encerrar a produção em Portugal, o grupo francês PSA aumenta a pressão …