Faleceu João Soares, o fundador do socialismo oliveirense

João José Fonseca da Costa Soares faleceu de doença prologada. O seu corpo estará em câmara ardente na Igreja de São José (Coimbra), seguindo amanhã para Lisboa, onde será sepultado. João Soares foi considerado um dos pais do Partido Socialista de Oliveira do Hospital. Era conhecido como defensor da liberdade e um contador de histórias extraordinário. O Município de Oliveira do Hospital decretou três dias de luto em sua honra.

João Soares foi presidente da Comissão Administrativa do Município de Oliveira do Hospital no período de 1975 a 1976, integrando a mesma Comissão logo a seguir ao 25 de Abril. Foi também Vice-Governador Civil do Distrito de Coimbra. Foi dirigente do Partido Socialista e integrou vários órgãos do partido a nível distrital. Em Oliveira do Hospital foi ainda presidente da Direcção da Associação dos Bombeiros Voluntários e dirigente de várias instituições do concelho.

Homem de Esquerda, diz quem o conheceu, que se pautou desde sempre pelos valores da Democracia e Liberdade, foi um combatente do regime politico do Estado Novo. “Homem de causas e valores, assumiu-se convictamente como defensor dos valores da Revolução Francesa: Liberdade, Igualdade, Fraternidade”, refere quem o conheceu.

“Fui muito importante a seguir ao 25 de Abril. Conhecia o mundo inteiro e era u orador fantástico. Conseguia reunir à sua volta 20 a 30 alunos universitários a ouvi-lo””, conta o amigo Carlos Ramos antigo proprietário do Ritual Bar em Oliveira do Hospital, um local que durante a sua gerência promovia debates culturais e políticos. “Foi uma grande perda”, resume Carlos Ramos.

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

  • respeitoaoproximo

    Paz à sua alma e pêsames a toda a família.

  • António Lopes

    O Senhor João Soares, que ora nos deixa, foi das primeiras pessoas a apoiar-me e estimular quando, a partir de 2005, comecei a ter uma intervenção mais activa na vida política concelhia,por força da eleição para a Assembleia Municipal. Profundo conhecedor do Concelho e das suas gentes, algumas vezes me entusiasmou na minha luta e não menos me alertou para um conjunto de situações e agentes políticos, que tão bem conhecia. Alguma da história política local, dos últimos 50 anos, e os seus protagonistas, fiquei a conhecer pela voz de João Soares.Deve ter uns dois meses, não posso precisar, talvez um pouco mais,encontra-mo-nos, por acaso, num café da cidade, conjuntamente com dois outros amigos.Com o sentido apurado e crítico que o caracterizava, lá me foi dando a sua opinião sobre o momento que vivemos, sobre a minha postura e actuação no diferendo em que estou envolvido,a sua visão sobre o Concelho,o País e a política.Falámos ao de leve sobre a saúde.Estava muito longe de imaginar este desfecho que me cria uma tristeza e um vazio enormes.O ar bem disposto, a conversa viva e acutilante, nem por um momento me faria pensar que seria a nossa última conversa.
    Curvo-me respeitosamente e com admiração perante o homem que, quando era perigoso falar e ter opinião, nunca deixou de ter a sua e de a defender com a convicção e a força que só a razão das grandes causas, nos consegue transmitir. Grande foi o privilégio da sua companhia, grande é a tristeza de ver partir João Soares.Todos ficámos mais pobres.O Concelho, a Família, os Amigos.A todos e especialmente aos seus familiares apresento os mais sentidos pêsames.

    António Lopes

  • João Paulo Albuquerque

    Oliveira ficou mais pobre.
    É com tristeza que recebo esta notícia. O Dr João Soares era efectivamente um pilar da democracia e um verdadeiro socialista. Que descanse em paz.
    Condolências aos amigos e os sentidos pêsames aos familiares.

    JPA

  • João Franco

    Foi com uma enorme tristeza que acabei de saber que tão ilustre pessoa e cidadão faleceu. Tinha enorme estima e admiração pelo Dr. João Soares que com o seu sorriso e boa disposição, sempre que passava saudar as pessoas.
    Foi uma perda para São Paio de Gramaços e para o Concelho de Oliveira do Hospital. Saúdo a decisão do Município por ter decretado os 3 dias de luto e deixo os meus sentidos pêsames à família e aos Amigos. Até sempre…..

  • Miguel Costa

    As minhas sinceras condolências à família. Recordo o Homem simpático afável e de sorriso fácil. Que descanse em paz.