Faleceu o comendador Serafim Marques, benemérito de S. Paio de Gramaços

O comendador Serafim Marques, de 88 anos, faleceu esta manhã, no Instituto Português de Oncologia (IPO), em Coimbra, vítima de doença oncológica. Serafim Marques era natural de S. Paio de Gramaços, Oliveira do Hospital, e um benemérito daquela localidade e do concelho. O seu corpo vai estar em câmara ardente na Fundação com o seu nome, em S. Paio de Gramaços. O funeral realiza-se esta quarta-feira, pelas 15h00.

“É uma perda enorme para o concelho e, em particular, para São Paio de Gramaços. Foi um ser humano com “h” grande a quem, nós oliveirenses, devemos muito”, diz o presidente da União das freguesias de Oliveira do Hospital e São Paio de Gramaços, Nuno Oliveira. “O seu nome ficará para sempre ligado ao apoio à cultura, desporto e à acção social. Foi um homem que ajudou em tudo e contribuiu para elevar o nome de São Paio de Gramaços e Oliveira do Hospital no país e até no mundo”, concluiu este autarca, para quem é cada vez mais difícil encontrar pessoas com o carácter do comendador Serafim Marques. Também o presidente da direcção da Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense,  José Francisco Veloso, citado pela Rádio Boa Nova, considera que “Serafim Marques nunca irá ser esquecido pela população” e que será recordado como “uma pessoa boa, um homem simples e um amigo dos seus amigos”.

sampaense2-450x3301Serafim Marques começou a trabalhar na construção civil em Portugal. Aos 17 anos já era encarregado. Emigrou para o Brasil na década de 50 onde se estabeleceu por conta própria com uma empresa de construção civil. Realizou investimentos noutros ramos, com destaque para a panificação e madeiras. Em 1972, 18 anos depois, regressou a Portugal, estabelecendo-se em Lisboa, novamente com uma empresa de construção civil.

Dedicou-se igualmente a auxiliar a sua terra natal. Manteve sempre uma ligação muito próxima com o ex-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital Mário Alves, de quem era amigo pessoal, e esteve permanentemente na linha da frente na ajuda às estruturas locais dos escuteiros, do futebol, dos bombeiros, da igreja, dos ranchos folclóricos e de outras colectividades. Mandou mesmo construir um pavilhão multiúsos para a Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense (S.R.L.S.), a quem ofereceu igualmente um autocarro, ao mesmo tempo que ajudava a projectar o basquetebol do clube. Contribuiu também para a construção de uma piscina semi-olímpica e esteve empenhado na adaptação da antiga sede da S.R.L.S. em Creche e na construção de um lar para a terceira idade.

Em 2007, por ocasião das comemorações do 10 de Junho, foi condecorado pelo presidente da República, Cavaco Silva, com a Ordem de Mérito Civil. A população de São Paio de Gramaços também lhe prestou homenagem, em 2009, com a colocação de um busto em frente ao pavilhão que mandou construir e ofereceu à S.R.L.S..

Foto condecoração via Presidência da República Portuguesa, Hugo Duarte

LEIA TAMBÉM

EM OLIVEIRA DO HOSPITAL APROVEITAMENTOS ELEITORALISTAS DO PS E SEUS PRINCIPAIS AUTARCAS-CANDIDATOS MANCHAM JÁ A DEMOCRATICIDADE DO PRÓXIMO ACTO ELEITORAL A 1 DE OUTUBRO ! Autor: João Dinis, Jano

Estamos a assistir a um frenesim eleitoralista por parte de “facção” do PS local envolvida …

CDU apresenta queixa na CNE contra executivo e autarcas do PS oliveirenses por aproveitamento “eleitoralista, ilegítimos e antidemocráticos”

Depois do PSD, a CDU de Oliveira do Hospital enviou também uma queixa à Comissão …

  • António Lopes

    Curvo-me , respeitosamente, à memoria de mais um dos muitos e grandes Oliveirenses que fizeram maior este Concelho.Aos senhores da política que, nestes momentos, sempre tem muitas e bonitas palavras de circunstância, deixo o repto de que saibam honrar estas memórias e não votem as suas obras ao abandono, como temos na Fundação Cabral Metello, Sofia Beirão e tantos outros.
    Paz à sua alma.E bem haja por tudo o que foi , representou.e pelo exemplo que nos legou.

    António dos Santos Lopes