Família em Ervedal da Beira vive paredes meias com habitação em ruínas, coberta de silvas, fértil em bicharada e desespera por uma resolução do município

Em 2003, Fernando Cunha apostou na edificação de uma casa na sua terra Ervedal da Beira, concelho de Oliveira do Hospital. Uma vivenda onde pensava ter sossego, construída paredes meias com o seu terreno existia, e existe, uma habitação devoluta. Cunha quis comprar. Os proprietários não venderam. Mesmo assim avançou com a construção no terreno que possuía. O que poderia e deveria ser uma habitação tranquila, porém, transformou-se num pesadelo. A habitação com quem convive paredes meias continuou a desagradar-se, cobriu-se de silvas, parte desmoronou-se estando agora em ruínas. A residência de Cunha passou a ter como visita frequente roedores e outra bicharada indesejável. O caso arrasta-se há mais de oito anos, numa via bem dentro da vila, na rua Manuel da Silva Alexandrino, perto da conhecida “Casa Grande” local onde habita o ex-presidente da Câmara António Simões Saraiva.

Cunha tentou junto da autarquia que lhe resolvessem o problema. A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, contudo, deixou de dar resposta desde que Mário Alves (que se preparava para resolver o problema em tribunal perdeu a autarquia). “O processo parou aí, agora por mais que fale ninguém faz nada”, conta Fernando Cunha que vai recorrendo a um conjunto de felinos para dizimarem as visitas inconvenientes.

A União de Juntas de Freguesia de Ervedal e Vila Franca da Beira também não tem dado qualquer apoio para ajudar numa solução. “O presidente Carlos Maia, que tanto criticava o anterior autarca João Dinis por causa de uma lixeira (situada atrás do cemitério de Vila Franca), não se digna a fazer um ofício a reforçar o pedido à Câmara para resolver este problema de um monte de escombros dentro da vila. É incompreensível”, conta Fernando Cunha. O CBS tentou ouvir o autarca socialista, mas tal não se revelou possível.

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, por seu lado, contactada pelo CSB limitou-se a responder de forma resumida às várias perguntas que lhe foram colocadas. Refere que já notificou por diversas vezes os proprietários do imóvel que residem no Brasil. Também que já deu instruções aos serviços jurídicos municipais no sentido de se encontrar uma solução legal. Mas não refere prazos ou qualquer tipo de intervenção.

imagem 2 (Small)Ao que o CBS apurou, nestas circunstâncias, a autarquia poderia, com a devida autorização administrativa, proceder às obras de limpeza e apresentar a factura aos proprietários. Uma fonte explica que a autarquia não pode limitar-se a dar este tipo de justificações. “Pode estar em causa a saúde pública. A Câmara não se pode ficar por estas respostas. O problema existe e tem de ser resolvido. Se não, onde está a autoridade?”, questiona esta fonte.

“A verdade é que ninguém parece ter interesse em resolver o problema e já estou de tal forma desesperado que vou ter de me habituar a conviver com isto para vergonha de quem governa a Freguesia”, conta Cunha. “Cá tenho de viver com isto”, lamenta, não poupando críticas aos fiscais municipais por não levantarem um auto sobre aquela situação. Fernando Cunha adianta que os próprios bombeiros reconhecem que a situação é problemática e que a GNR nada pode fazer por se tratar de zona urbana. “Caso contrário, garantiram-me que há muito que isto estava limpo”, frisou.

Os populares em Ervedal acreditam que foi naquela habitação, agora em destroços, que nasceu o actual presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e que poderia ser também um dos vários proprietários. A autarquia, embora não faça qualquer referencia se foi lá ou não que viveu a sua infância José Carlos Alexandrino, nega que o autarca tenha algo a ver com a propriedade do imóvel.

LEIA TAMBÉM

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

O “Ciclone de Fogo” varreu aquela noite que o foi de (quase) todos os medos… Autor: João Dinis, Jano

Naquela noite de (quase) todos os Fogos e de (quase) todos os medos, morreu Gente …

  • Politicalex

    Está justificada a degradação..! O Município “não conhece o problema”…

  • Yoplait a flor do iogurte

    Quem era o presidente da câmara quando lá nasceu o Alexandrino? Ele é que é o culpado.
    Aquelas silvas destinam-se à produção de amoras para iogurtes.
    Estamos literalmente entregues à bicharada.

  • Só do Ervedal

    Não é a casa do Ica? Está tudo explicado, o rapaz não o apoiou pode esquecer a limpeza.
    Aquela lixeira pertence à família do Alex que está em Braga, ele que limpe. É uma vergonha para ele, para o Tula e para os ervedalenses.

    • respeitoaoproximo

      Pelas fotos o aspecto é muito feio. Amanhã vou deslocar-me ao local para ver com os os próprios olhos e então falar com justa causa. Só me vou pronunciar depois e dizer à Câmara e Junta o que bem me apetecer com o respeito devidio.

  • Limpeza TID

    Estão a criticar o quê? O Senhor Presidente não disse que fez mais em 6 anos que os outros em vinte? Querem mais provas..? A “mãe natureza” a fluir quais jardins nas nossas aldeias!!! Tudo obra e graça do rasgo e competência Alexilândia…

    • Ele & Ela

      Se estiver a falar de festas e de tachos para os amigos, sem dúvida que é verdade!!! Agora trabalho a sério…

  • É só saúde

    A CMOH em conjunto com JFEBeVFB está a criar 10 ninhadas de gatos para resolverem este problema e outros de igual índole.
    Aliás, a criação de gatos, para ajudar de uma forma biológica e amiga do ambiente a desratização concelhia é um dos pontos revolucionários do projecto que o Edil tem para a saúde.

    • Limpeza TID

      Bem visto.. como eu digo.. esta gente tem rasgo…

      • É só saúde

        Permitam-me informar de uma forma breve e ligeira, que além da criação de gatos, o projecto revolucionário para a saúde concelhia idealizado pelo Sr Presidente da Câmara, conta com a participação da BLC3(ou+) para o estudo de uma cabra, única no mundo capaz de devorar diariamente 150 kg de silvas.
        Mudando o seu hábito alimentar, esta cabra pode inclusivamente comer eucaliptos, mimosas e outras pragas fabáceas que rapidamente tomam conta dos terrenos.
        Portanto, para esta situação, depois de entrarem os gatos em funções e finalizarem a desratização, descobrisação, destexuguisação, etc, entram duas destas cabras em acção, prevendo-se que roam as silvas em menos de oito horas.
        Cá estaremos para ver.

  • Bem Feito e Bem Feito!

    É bem feito! Apoiar outros para a Câmara e para a Freguesia, tem que se pagar! Além disso não deves ter ído publicamente suplicar por favor… agora aguenta!
    Muito bem feito (mas tardio) colocar isto no mal amado Correio da Beira Serra! Querem apostar que não chegará o meio de Junho sem aquilo ser limpo??? (Sorry Alex, baixa lá o telemóvel onde estás a ler e pega na capinadora).

  • João Paulo Albuquerque

    Há coisa de duas horas, tive que parar numa passadeira para peões em Ervedal da Beira para deixar os Srs Presidente e Vice-presidente da Câmara atravessarem a estrada. Foram deixados por dois toyotas da CMOH onde vinham acompanhados de vários
    funcionários de topo da autarquia. Pensei: “Querem ver, que vieram roçar as silvas da casa onde nasceu o Edil? Será que o Sr Presidente pegou naquela malta toda lá do gabinete e vieram cortar sarças e desratizar a habitação em questão?”
    Puro engano, as silvas estão maiores e mais viçosas do que ontem. Pode ser que tratem daquilo, agora da parte da tarde.

    JPA

    • respeitoaoproximo

      Tinham a festa do Lar de Idosos e muito bem,só que nem todos os que deviam estar lá estavam.

    • Manel do Seixo

      Eng João Paulo, como está pelo Ervedal, consegue dizer-nos se o terreno já foi limpo?
      Se for necessário vamos lá nós limpar (sem ordem do dono, pela calada da noite, já que é numa rua onde nasceram e viveram presidentes de junta, de câmara, deputados municipais e outros que tais… mas só o Sr Cunha lá continua a viver e a lidar com as silvas que os outros fogem todos para a “cidade”).

      • respeitoaoproximo

        Pois fogem.Gostam tanto do Ervedal que compram casa em Oliveira do Hospital.Se têm assim tanto que vão dando a quem precisa e alguns que paguem o que devem,pois ficariam muito melhor na foto e na futura campanha.

  • Festeiros MIlitantes

    “Festa”….tinha que ser…Os que não ficaram, foram para o “arroz de grelos”…Eles foram ver qual era a ferramenta que era preciso para depois voltarem e limpar aquilo

    • Ele & Ela

      E entretanto aproveitaram e foram até à Cristina almoçar à grande tudo à conta do município!!!

  • Já vá li

    Está ali uma rica coisa, é a imagem da autarquia e da freguesia. Até javalis lá se criam.

  • Festeiros MIlitantes

    É pá… se cria javalis deixa estar…Isso , é desenvolvimento..! “Isto quem atura um Povo”…Este nosso executivo camarário tem muita visão…Até nas silvas criam carne, caça etc…praticamente sem investimento… e ainda os criticam..! “Cambada”…

  • É assim lá nos peniqueiros

    A CMOH limpa o recinto das festas de uma associação e prepara o caminho para se fazer uma caminhada, e na mesma terra o Sr Presidente da Câmara não limpa a casa onde nasceu, mandando depois a respectiva factura as primos.
    Ao que isto chegou.

  • MAIA DUARTE

    DE FACTO…….ESTIVE Á POUCO…..E VI…..QUE É UM PERIGO……PARA QUEM PASSA DE CARRO….OU MESMO A PÉ !!!!!