Famílias continuam à espera dos corpos dos portugueses que morreram em acidente na Irlanda do Norte

O corpo do jovem de Alvôco das Várzeas que, conjuntamente com outros três portugueses, perdeu a vida num trágico acidente de viação, na Irlanda do Norte, deverá ser transladado para Portugal na próxima quarta ou quinta-feira.

O correiodabeiraserra.com tentou ontem hoje obter explicações sobre as razões que estão na origem desta demora, mas uma fonte ligada à secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, afirmou que o processo burocrático ainda não tinha esgotado todos os “trâmites legais”.

Lamentando o “sofrimento” em que se encontram as famílias – sublinhe-se que este acidente mortal ocorreu por volta das 17h00 do passado domingo, dia 23 –, a mesma fonte não soube especificar a data certa da transladação dos corpos, alegando que o processo está nas mãos das autoridades locais.

Porém, este diário digital apurou entretanto que a família de Luís Lopes – o jovem de 33 anos de Alvôco das Várzeas – já foi informada pela empresa onde as vítimas trabalhavam – a Martifer – de que os corpos só deverão chegar a Portugal entre quarta e quinta-feira.

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …