Fatura de água chega finalmente a casa dos oliveirenses

 

Tomar conhecimento do valor da fatura da água antes do momento da sua liquidação, vai passar a ser uma realidade a partir de janeiro de 2012. Uma prática já há muito instituída na maioria dos concelhos do país, mas que só agora chega a Oliveira do Hospital, onde o pagamento de água só pode ser feito junto da tesouraria da Câmara Municipal, agentes de cobrança locais e por débito direto em conta.

Em cada um dos casos, o munícipe nunca sabia antecipadamente o valor a pagar, tornando-se ainda mais grave na modalidade de débito direto, em que o titular da conta só tinha conhecimento do valor, depois de q fatura já se encontrar liquidada.

A única informação, via CTT que até agora tem chegado à caixa do correio dos munícipes é o aviso para uma segunda oportunidade de pagamento – quando a fatura não foi resolvida numa primeira fase – sob pena de o processo entrar em execução fiscal.

Uma realidade que, de acordo com a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, vai ser alterada em janeiro de 2012, mês a partir o qual as faturas de água e resíduos vão ser enviadas aos munícipes através do serviços dos Correio de Portugal.

Isto mesmo foi, esta semana, comunicado aos oliveirenses, via carta assinada pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, bem como as várias modalidades de pagamento que, daqui por pouco mais de um mês, vão ser colocadas à disposição dos oliveirenses.

Para além da tesouraria municipal e débito bancário, os munícipes poderão recorrer ao multibanco, estações de CTT e aos agentes Payshop para liquidar a fatura de água.

Com a implementação do novo sistema, que surge na sequência da modernização dos serviços iniciada em outubro com a abertura do Balão Único e de Atendimento da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, vão, entretanto, deixar de existir os agentes locais de cobrança.

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …