FCOH e ADN preparam “dérbi” concelhio

 

“É para ganhar”. A convicção é partilhada pelos dirigentes das duas equipas do concelho de Oliveira do Hospital, que disputam a série C do Campeonato Nacional da 3ª Divisão e que, domingo, se encontram num jogo entendido como verdadeiro “dérbi”.

Em causa está a 10ª jornada do campeonato que se realiza no Estádio de Santo António entre a equipa da casa, a Associação Desportiva Nogueirense (ADN) que vem de um empate frente ao Valecambrence que a conduziu para o terceiro lugar, e o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH), oitavo classificado que na última jornada conseguiu a terceira vitória na 3ª divisão nacional.

Numa antevisão ao jogo que se realiza a partir das 15h00, ambos os clubes estão expectantes num resultado favorável. “Acredito que vamos ganhar, mas encaro este jogo como outro qualquer”, referiu o presidente da direção do FCOH ao correiodabeiraserra.com, revelando ainda que a mesma confiança reina entre o plantel e equipa técnica.

Ainda que destaque a importância que o jogo tem para ambas as equipas e respetivos associados e adeptos, Paulo Figueira garante que a preparação do plantel decorre dentro daquilo que é a normalidade. Entre as preocupações do dirigente não deixa de estar o facto de o Estádio de Santo António dispor de um relvado sintético, uma realidade a que o plantel não está muito habituado.

Vencer é a palavra de ordem que também reina entre a Associação Desportiva Nogueirense – já esteve no comando da tabela classificativa – que ao fim de nove jogos disputados só conheceu por uma vez o sabor da derrota, somando até agora quatro vitórias e quatro empates.

“Em todos os jogos que entramos é para ganhar”, afirmou o presidente da direção da ADN, José Brito, lamentando porém as dificuldades com que o plantel se tem deparado nos últimos jogos, “não apenas devido à equipa, mas também devido ao trabalho da equipa de arbitragem”.

No que respeita ao jogo do próximo domingo, José Brito garante que a preparação a que a equipa está a ser sujeita nada difere das restantes partidas, mas dá, contudo, como certa a mobilização de toda a equipa técnica e plantel no sentido de imporem uma derrota ao FCOH.

“Nunca perdemos em casa com o Oliveira”, chegou a referir o dirigente nogueirense que, acaba contudo por ser contrariado pela realidade dos números. É que tomando por base o histórico das duas últimas épocas, em que ambas as equipas disputaram o campeonato distrital, é possível verificar que a ADN perdeu em casa, na jornada 20 da época 2008/2009, por 4-3 frente ao FCOH.

De acordo com os dados veiculados pelo site desportivo – zerozero.pt – naquela época o FCOH também derrotou em casa a ADN, na jornada 5, por 2-1. Na última época em que as duas equipas disputaram o campeonato distrital da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra e que ditou a subida da ADN à 3ª Divisão nacional, 2009/2010, o FCOH ganhou em casa, na jornada 12, à ADN por 2-1 e foi perder a Nogueira do Cravo, na jornada 25, por 3-0.

Historial à parte, a verdade é que são grandes as expectativas que cada uma das equipas centra no jogo e que deverá constituir motivo de atração junto dos sócios e adeptos de ambos os clubes. “Acredito que vamos atrair público”, sublinha Paulo Figueira. Quem também não tem dúvidas da forte presença de público é o presidente da ADN que, segundo contou, já está habituado a ver o Estádio de Santo António bem composto em qualquer um dos jogos. “Temos sempre casa cheia”, sublinha José Brito.

No campeonato nacional da 3ª divisão, o novo dérbi entre as equipas concelhias acontece a 4 de março de 2012 no Estádio Municipal de Oliveira do Hospital.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital recebe final da etapa da Volta a Portugal de homenagem às populações afectadas pelos incêndios e Marcelo acompanha caravana

A 80.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta vai passar por alguns concelhos afectados …

Cristiano Ronaldo “CR7”: A máquina publicitária de “alta competição”… Autor: João Dinis

Para descontrair, vamos revisitar uns temas do nosso “futebolês” – designação que em geral propomos …