Feira do Porco e do Enchido de regresso à Lage Grande

… de “forasteiros” que não ousam faltar à festa onde o porco e o enchido são reis.

É já no próximo dia 9 de Novembro que a freguesia de Meruge volta a ser palco da já tradicional Feira do Porco e do Enchido. Na sexta edição, o certame é responsável pelo elevado número de visitantes que, por esta altura, acorrem à também conhecida “terra dos porqueiros”.

O epíteto deve-se à franca expansão do negócio com o gado vivo e morto que em tempos se verificou na freguesia. O declínio da actividade é indiscutível, mas a Junta de Freguesia não quer deixar desvanecer as tradições. Com uma diversidade de atractivos, a Feira do Porco e do Enchido é cada vez mais um chamariz, ao ponto de a organização já ter adoptado a expressão de marketing “quem vem a primeira vez, volta sempre”.

De edição para edição, a Lage Grande de Meruge é cada vez mais insuficiente para acolher os milhares de “forasteiros” que ali acorrem, motivados por um cartaz que remete para tempos ancestrais e em que o porco e os enchidos são os reis do certame. Destaque ainda para outras iguarias gastronómicas como Torresmos à Moda de Meruge, arroz de Suã, Feijoada à Moda de Nogueirinha, e todo um vasto leque de doçaria tradicional e artesanato. São também habituais as trupes de Saltimbancos, malabares, jograis e trapezistas, grupos de música tradicional, cortejos históricos, os torneios de armas e o teatro dos VIV’ARTE. Destaque ainda para a feira mostra do “porco bísaro”, a feira da agricultura familiar, a corrida de carroças, o concurso de doçaria tradicional e o passeio pedestre.

Em face do sucesso alcançado em anteriores edições, a Junta de Freguesia de Meruge considera tratar-se de uma aposta ganha, justificada pelo facto de serem os visitantes a reclamar a realização da feira.

Em “terra de porqueiros”, os comerciantes que fazem jus ao nome tendem a diminuir, fruto das cada vez maiores exigências impostas ao sector. O aparecimento das superfícies comerciais é também apontado como uma das causas do declínio da actividade que, ainda vai cativando alguns jovens empresários capazes de se adaptarem às novas exigências.

LEIA TAMBÉM

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …

LMAN promove “peregrinação” ao Santuário de Nossa senhora das Preces em Vale de Maceira

A Liga de Melhoramentos Desporto e Cultura de Aldeia de Nogueira (LMAN) vai realizar no …