Felipe VI proclamado rei de Espanha

Felipe de Borbón foi proclamado, esta quinta-feira, Felipe VI, rei de Espanha, durante uma sessão histórica conjunta das duas câmaras das Cortes Gerais espanholas.

“Juro desempenhar fielmente as minhas funções, guardar e fazer guardar a Constituição e as leis e respeitar os direitos dos cidadãos e das comunidades autónomas”, declarou Felipe Vi no seu juramento.

Jesus Posada, presidente do Congresso de Deputados, abriu a cerimónia, recordando que as cortes se reuniram para receber o juramento.

“As cortes gerais acabam de receber o juramento. Em cumprimento da consttuição fica proclamado rei de Espanha don Felipe de Borbon e Grecia, que governara como rei Felipe VI. Via o rei, Viva Espanha”, anunciou Posada, antes de ser tocado o hino nacional espanhol.

A cerimónia histórica, que marca a proclamação do primeiro rei em democracia em Espanha, decorre perante mais de mil convidados, incluindo a família real, membros do Governo, ex-presidentes do Governo e presidentes de Governos regionais.

A cerimónia arrancou com um forte e longo aplauso aos novos reis, com Felipe VI e a rainha Letizia, sorridentes, a acenar com a cabeça. “Abre-se a sessão”, disse Jesus Posada, presidente do Congresso de Deputados.

Em Espanha um novo rei não é nem coroado nem entronizado, tendo que, em vez disso, prestar juramento e ser proclamado, com a Constituição a determinar que a Coroa é hereditária nos sucessores de Juan Carlos I de Borbón.

Ao contrário do que aconteceu durante o juramento de Juan Carlos – que jurou com a mão sob uma bíblia e ao lado de um crucifixo – não há qualquer símbolo religioso na cerimónia de proclamação de Felipe VI.

jn.pt

LEIA TAMBÉM

O ódio à escola. Autor: Renato Nunes

7h00. O despertador toca e Mauro enrola-se nos cobertores, assim que consegue silenciar o maldito …

Quem compra pássaros? Autor: Renato Nunes.

Todos os sábados, quando ainda mal amanhece, saio de casa em direcção ao mercado semanal. …