Fenda obrigou ao encerramento da Ponte Medieval de Alvôco de Várzeas

 

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital está a estudar a melhor forma de solucionar o problema da fenda que, recentemente, foi detetada na Ponte Medieval de Alvôco de Várzeas, classificada como Monumento Nacional, localizada sobre o Rio Alvôco.

De acordo com o presidente da Junta de Freguesia de Alvôco de Várzeas, a deteção da fenda na Ponte Medieval – a data da sua construção remonta ao século XIV – já obrigou ao corte de trânsito sobre aquela estrutura que, em plena época balnear é muito utilizada pelos veraneantes que acorrem à praia fluvial da freguesia.

Apesar de o problema continuar por resolver, Agostinho Marques adiantou a este diário digital que a circulação automóvel na Ponte Medieval foi reposta este fim-de-semana, situação que se deverá manter até ao próximo fim-de-semana, data em que a praia fluvial de Alvôco de Várzeas recebe a habitual animação, que percorre as praias fluviais do concelho.

Preocupada em proceder a um arranjo adequado aos interesses do património nacional, a Junta de Freguesia de Alvôco de Várzeas remeteu o caso para o IGESPAR, mas de acordo com Agostinho Marques, o Instituto de Gestão do Património Arquitetónico e Arqueológico incumbiu a Câmara Municipal de solucionar o problema.

LEIA TAMBÉM

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …

LMAN promove “peregrinação” ao Santuário de Nossa senhora das Preces em Vale de Maceira

A Liga de Melhoramentos Desporto e Cultura de Aldeia de Nogueira (LMAN) vai realizar no …