“Férias Ativas” ocupam crianças na Biblioteca Municipal

Coma chegada das férias escolares, a Biblioteca Municipal de Oliveira do hospital relançou as “Férias Ativas”. O programa promove a ocupação de crianças em idade escolar de forma lúdico-pedagógica, seguindo a prática “aprender a brincar”.

No total, as “Férias Ativas” acolhem 30 crianças, com idades compreendidas entre os 6 e os 10 anos, divididas em grupos de trabalho que terão, durante duas semanas, as tardes preenchidas com atividades que vão ao encontro das suas expectativas e interesses e que possam contribuir para aumentar o seu conhecimento e saber. Procura-se ainda fomentar a partilha, a socialização e a interacção, tão importantes nestes grupos etários.

Nas sessões são dinamizadas várias oficinas, de diferentes áreas do saber: escrita criativa, expressão dramática, culinária, expressão plástica, atividade física e visitas ao património local, estas últimas com a colaboração de técnicos do Município das respectivas áreas, conferindo um maior valor científico às atividades.

“No arranque da iniciativa, o entusiasmo entre os participantes do primeiro grupo de trabalho foi bastante evidente. A oficina de escrita criativa ocupou a tarde do primeiro dia e desafiou os mais novos a darem largas à sua imaginação, numa adaptação livre da “História da Carochinha”. As novas histórias darão lugar, posteriormente, a dramatizações”, refere a autarquia em comunicado.

Promovidas pelo Município, as “Férias Ativas” são dinamizadas pelos técnicos e monitores da Ludoteca da Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital, e têm como objetivos proporcionar às crianças “um programa organizado de caráter educativo, cultural e lúdico no período de férias escolares de Verão, bem como implementar respostas ao nível da ocupação saudável dos tempos livres dos mais novos”.

LEIA TAMBÉM

IP3 cortado na zona de Penacova devido a avaria de pesado

A avaria de um pesado, pelas 14 horas, provocou o corte do trânsito no IP3, …

Denuncia do grupo do empresário Fernando Tavares Pereira coloca IMT sob investigação do DIAP

Duas empresas do grupo Tavfer, do empresário Fernando Tavares Pereira, a CIMA – Centro de …