Tuna Recreativa Penalvense
Tuna Recreativa Penalvense

Festival de Tunas regressa no domingo a Penalva de Alva

A Tuna Recreativa Penalvense organiza no próximo domingo (29 de Novembro) o 12º encontro de Tunas de Penalva de Alva, no concelho de Oliveira do Hospital. O evento, com entrada gratuita, e que envolve várias dezenas de músicos, tem início agendado para as 15h30 na sede da Sociedade Recreativa de Penalva de Alva e conta, além da actuação da Tuna Recreativa Penalvense, com a participação da Tuna de Figueiredo (Seia) e Tuna do Inatel de Coimbra.

“É um concerto em que procuramos divulgar o trabalho realizado pela Tuna Penalvense e contribuir para a dinamização e diversidade cultural do concelho de Oliveira do Hospital. E, ao 12243256_1774992646061491_3580699305465325002_nmesmo tempo, fomentar o intercâmbio de grupos musicais do país”, explica Rui Marques, o director musical da Tuna Penalvense, um grupo que em 2012 assinalou o seu 75º Aniversário com a edição do seu primeiro CD – Contrast(e)os e, em 2014, em colaboração com outras instituições musicais do Concelho de Oliveira do Hospital, levou a palco um concerto de tributo a José Afonso, intitulado “Que a voz não te esmoreça”.

A Tuna Penalvense é um dos agrupamentos musicais mais antigos do concelho de Oliveira do Hospital nasceu da vontade de um grupo de habitantes locais que, em 1937, fundou a Sociedade Recreativa Penalvense. Este grupo manteve-se activo até meados da década de 1950, ressurgindo em 1982, por iniciativa de um grupo de antigos tunos. Em 2005, o grupo iniciou um processo de renovação que incluiu o repertório e a sua constituição instrumental.

O grupo integra neste momento cerca de 20 instrumentistas ( um número que tem vindo a decrescer), em Flauta transversal, Violino, Bandolim, Bandola, Bandoloncelo, Violoncelo, Guitarra Clássica e Contrabaixo e tem como grandes objectivos, garantem os responsáveis pela Tuna, proporcionar aos jovens daquela zona o contacto com a música e contribuir para a sua divulgação.

O trabalho desenvolvido pelo grupo assenta apenas na música instrumental e tem vindo a participar e organizar eventos, alargando a sua actuação através da colaboração com diversos grupos musicais, com os quais mantém contacto e promove intercâmbios. Para além destes eventos, a Tuna tem-se apresentado em dezenas de actuações por todo o país, com maior incidência nos concelhos da região Centro.

LEIA TAMBÉM

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

Oliveira do Hospital entre os concelhos com mais baldios ardidos no Distrito de Coimbra

A Associação Cooperação Entre Baldios do Distrito de Coimbra (Cobalco) assegurou hoje, em comunicado, que …