Festival Infantil da Canção revelou novos talentos em Oliveira do Hospital

Inês Peres, aluna do 1º CEB de Oliveira do Hospital foi a grande vencedora da 6ª edição do Festival Infantil da Canção realizado no último sábado, no salão dos Bombeiros Voluntários. A jovem, acompanhada por Ana Sofia Rosa e Constança Carvalho convenceu o júri ao interpretar “A Cidade até ser Dia”, de Anabela.

No festival que à última hora foi deslocalizado do parque do Mandanelho para o salão da corporação de bombeiros da cidade devidos às más condições climatéricas, estiveram 14 interpretações a concurso e sujeitas à apreciação do júri que classificou em segundo lugar a música “Just Girls” da banda Amarguinhas, interpretada por Beatriz Ribeiro, do 1º CEB de Oliveira do Hospital, que foi acompanhada por Daniela Bento e Francisca Sousa. O júri atribuiu ainda o terceiro lugar a Rafaela Abreu, aluna do 1.º CEB de Travanca de Lagos, que, com o colega André Viegas, interpretou “Movimento Perpétuo Associativo” dos Deolinda.

Organizada pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, a sexta edição do Festival Infantil da Canção, decorreu no âmbito das Atividades de Enriquecimento Curricular do 1.º Ciclo do Ensino Básico. A iniciativa que contou com a participação de mais de quatro dezenas de crianças, entre os 5 e os 11 anos, das várias escolas do concelho, registou a forte adesão do público, tornando evidente o sucesso que o Festival tem adquirido ano após ano. Um fator que foi realçado pelo presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, e pela vereadora da Educação, Graça Silva, que elogiaram ainda o “empenho dos alunos concorrentes, pela elevada qualidade das suas atuações e o empenho de todos os professores envolvidos”.

Com a dinamização do Festival Infantil da Canção, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital pretende – de acordo conformação municipal disponibilizada no site da internet – “estimular a criação artística e incentivar o aparecimento de novos talentos, sensibilizar as crianças para a componente cultural através da música, e estimular a interatividade bem como desenvolver capacidades ao nível da memorização, interpretação, expressão e improvisação”.

O município contou com a colaboração dos professores das Atividades de Enriquecimento Curricular e do Instituto de Emprego e Formação Profissional, cujos formandos do curso de Cabeleireiro pentearam e maquilharam os concorrentes.

LEIA TAMBÉM

Universidade de Coimbra aposta na folha de mirtilo para tratamento da Esclerosa Múltipla

Um projecto de investigação da Universidade de Coimbra aposta no potencial terapêutico da folha de …

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve 12 pessoas em Coimbra por suspeita de tráfico de droga

A Directoria do Centro da Polícia Judiciária anunciou hoje ter detido, na terça-feira, doze pessoas …