Festival Infantil da Canção revelou talentos no Mandanelho

… no último sábado, foi revelador de novos talentos no Parque do Mandanelho.

Cerca de meia centena de alunos do 1º Ciclo de Ensino Básico (CEB) dos quatro agrupamentos de escolas do concelho de Oliveira do Hospital participou, sábado à noite, na 5ª edição do Festival Infantil da Canção.

A iniciativa organizada pela Câmara Municipal no âmbito das comemorações do Dia da Criança contou com o envolvimento dos professores das atividades extra curriculares e apresentou-se em palco como o “culminar” de um ano letivo, quer na vertente da música, quer de expressão artística e de atividade física.

Uma união de forças, onde o empenho dos pais tem um peso determinante e que leva a vereadora da Educação e Cultura da Câmara Municipal a fazer um balanço positivo da iniciativa que, apesar da adversidade das condições meteorológicas, atraiu muitos familiares e amigos ao Parque do Mandanelho, onde também houve lugar para pinturas faciais.

Na 5ª edição do Festival Infantil da Canção, subiram ao palco Mandanelho 15 músicas a concurso, havendo porém a registar a realização de um sarau e de um medley dedicado aos Beatles, que contaram com a participação de mais de uma centena de crianças.

Na iniciativa com apresentação a cargo de dois alunos da Escola Secundária de Oliveira do Hospital – Marta Lobo e Hugo Lopes – regista-se ainda o envolvimento do Instituto de Emprego e Formação profissional, por via da participação de formandos dos cursos de cabeleiro, responsáveis pelos penteados dos alunos participantes.

À semelhança do que vem acontecendo em anteriores edições, também a 5ª edição do Festival Infantil da Canção foi revelador de novos talentos. Sofia Pereira, aluna do Agrupamento de Escolas do Vale do Alva obteve o 1º lugar na classificação através da interpretação de “Máquina” dos Amor Electro. Rafaela Abreu, aluna do Agrupamento de Escolas de Lagares da Beira, interpretou “Asa Delta” dos Clã e alcançou a segunda posição. No terceiro lugar, ficou Beatriz Neto, do Agrupamento Brás Garcia de Mascarenhas com “Escolhas” de Sara Tavares.

“O Festival já está instituído e a ideia da Câmara Municipal é melhorá-lo e projetá-lo”, referiu Graça Silva ao correiodabeiraserra.com, notando que um dos objetivos da autarquia é potenciar a revelação de novos talentos no concelho de Oliveira do Hospital.

“O concelho tem crescido muito na área da cultura e das artes”, acrescentou, dando conta de que em curso já está o período de inscrições no concurso “Soltem Talentos” que terá lugar no decorrer da próxima edição da EXPOH.

LEIA TAMBÉM

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

O “Ciclone de Fogo” varreu aquela noite que o foi de (quase) todos os medos… Autor: João Dinis, Jano

Naquela noite de (quase) todos os Fogos e de (quase) todos os medos, morreu Gente …