Neve obrigou corte de acessos à Serra da Estrela

A quede de neve levou ao corte das estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela, esta sexta-feira. O fim de semana vai ser marcado pela nebulosidade, chuva e queda de neve nas terras altas, havendo também a possibilidade de a precipitação se prolongar até quinta-feira.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), da Guarda, confirmou à agência Lusa que as vias de acesso à Serra da Estrela foram fechadas à circulação por volta da 1h00.

A ligação Piornos – Manteigas foi encerrada pelas 7h30 e, uma hora depois, foram fechadas as vias que fazem a ligação entre Portela do Arão – Lagoa Comprida e Lagoa Comprida – Sabugueiro (Seia).

Na cidade da Guarda, por volta das 9h00, também caía alguma neve misturada com chuva.

De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) Maria João Frada, para esta sexta-feira e para o fim de semana está previsto céu nublado, ocorrência de aguaceiros que podem ser fortes e possibilidade de trovoadas e granizo, uma situação normal para a época do ano.

“Uma vez que as temperaturas estão relativamente baixas, sobretudo nas regiões do interior, prevê-se para esta sexta-feira queda de neve acima dos 800/1000 metros de altitude até ao início da manhã, com tendência depois para subir até aos 1400 metros. O vento vai soprar do quadrante sul”, adiantou.

Maria João Frada indicou também que no sábado ainda está prevista “uma depressão dos níveis altos da atmosfera” e, por isso, prevê-se céu muito nublado com boas abertas, aguaceiros mais prováveis a partir da tarde e que serão de neve nas terras altas, acima dos 1200 a 1400 metros, vento fraco, neblina ou nevoeiro matinal e uma descida da temperatura mínima.

“No domingo, vamos ter a aproximação de um sistema frontal e regressa a nebulosidade. O céu vai ficar carregado, muito nublado ou encoberto, prevendo-se a ocorrência de chuva contínua”, disse Maria João Frada, realçando que o fim de semana vai ser caracterizado pela ocorrência de precipitação.

No que diz respeito à próxima semana, a meteorologista referiu que a probabilidade é de continuação da precipitação. “Até quinta-feira há uma probabilidade de continuação de precipitação. Temos novamente a passagem de ondulações frontais associadas a depressões e o cenário vai ser basicamente de ocorrência de precipitação, mantendo-se o tempo instável”, disse.

Lusa e jn.pt

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …