Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

A operação da GNR, denominada Tispol, que serviu para fiscalizar os automobilistas entre o dia 18 e ontem, levou à detenção de sete pessoas e concluiu que metades dos condutores controlados estavam em infracção. Dois dos detidos conduziam alcoolizados, quatro não tinham carta de condução e um outro tinha a carta apreendida.

Mais de metades dos condutores fiscalizados em controlo da velocidade estavam em infracção. O número de contra-ordenações registadas no período da operação, denominada ‘Tispol-Speed Operation’, chegou às 3 528, o que significa que mais de metade dos 6 600 condutores fiscalizados estavam em infracção.

A operação, promovida pela rede europeia da polícia de trânsito, visou, sobretudo, fiscalizar os limites de velocidade e decorreu nas estradas nacionais e regionais entre os dias 18 e 21 e nas auto-estradas de 22 a 24. A maior parte das contra-ordenações deveu-se a excesso de velocidade, que era ‘muito grave’ no caso de 248 condutores. A GNR registou também infracções como excesso de carga nos veículos, faltas de inspecção e utilização de telemóveis pelos condutores. A operação Tispol mobilizou em Portugal 1 489 efectivos da GNR.

Foto:http://avozdopolicia.blogspot.com

LEIA TAMBÉM

João Dinis acusa CM de Oliveira do Hospital de “negligência continuada” em estrada municipal

O membro da Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca …

Dois detidos em flagrante em Tábua por cultivo de cannabis

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Lousã deteve, ontem, dois homens com …