1. Como prometi na última edição, hoje, farei uma análise a outros grandes jogadores do nosso concelho que entretanto já mencionei.

Além desses falarei de dois irmãos que são naturais de Touriz, mas que a mãe é natural de Fiais da Beira e são netos do meu amigo Elisiário. Vamos a eles.

Fora de Jogo

2. Pedro Fontes – Um portento de genica, garra e muito futebol. Marca muitos golos e pena foi que quando assinou pela Académica não se tivesse conseguido afirmar. Deixou este ano o clube do seu coração, o “Tourizense”, e joga no Pampilhosa. Acredito que ainda jogará numa divisão superior.

3. André Fontes tem feito esta pré-época com a Académica e ainda não sabe onde vai jogar. Um virtuoso com uma técnica invulgar, demonstrando um sentido táctico muito inteligente. Grande promessa do nosso futebol.

4. João Pedro – Pena que uma lesão num joelho não o deixasse ir mais longe, pois era um jogador como uma técnica evoluída e com uma capacidade de luta invulgar. Pequeno na estatura, mas com um poder de impulsão notável que fazia com que ganhasse a batalha do meio campo. Quando olho para o futebol do João Moutinho lembro-me sempre do João Pedro.

5. Julinho – O melhor jogador que tive no futebol juvenil. Uma cultura táctica muito evoluída para a época, fazia dele a maior promessa dos jovens que eu treinei. Nas bolas paradas era exímio, fazendo muitos golos de canto directo e nos livres. Líder da equipa e com bom coração, faltou-lhe sorte e qualquer coisa mais para ter ido muito mais longe. Nunca me esqueço das palavras do Inácio, quando treinava o Rio Ave que me disse: “tenho que levar este miúdo para outro futebol”. Afinal não o levou e Julinho perdeu-se para esse futebol.

6. Telmo – Excelente como central. Era um falso lento com uma leitura de jogo enorme. Era daqueles jogadores que um treinador recorda sempre como grande, também como homem.

7. Zito – Um guarda-redes com uma elasticidade espectacular e com épocas enormes. Nunca o treinei mas sei que gostava de trabalhar muito e tenho grande admiração pelo trajecto que tem tido como guarda-redes.

8. Carvalho – Foi meu guarda-redes e demonstrou sempre uma enorme classe. Realizou exibições soberbas e demonstrava sempre uma humildade impressionante. Preferiu os estudos a uma carreira de jogador.

9. Fernando Pedro – Foi meu jogadore no Desporto Escolar quando tinha uns doze anitos. O Fernando tinha muita força e um pontapé soberbo. Parecido na forma de jogar com o Petit (Ex- Benfica e actualmente no Colónia). Conheci o Petit no Esposende e garanto que não jogava mais que o Fernando Pedro. Ainda tem muito tempo para atingir outras metas competitivas.

10. Pedro André – Um jogador mais cerebral com uma técnica invulgar. Disse-lhe muitas vezes que ele jogava mais depressa na 1ª Divisão do que jogava no Distrital. Sem dúvida que a sua forma de estar, também o valoriza como jogador.

LEIA TAMBÉM

O abandono a que a nossa região está entregue já não se resolve no mero debate político partidário. Autor: Luís Lagos

Às vezes, fruto da existência de algumas mentes menos iluminadas, desorientadas ou travadas pela ignorância, …

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …