1. Nesta época do ano faz-se o balanço desportivo, já que nos encontramos ao meio dela, e fazem-se os primeiros reajustamentos no plantel.

Fora de Jogo

Algumas contratações foram fracassadas enquanto outras surpreenderam pela positiva. É assim o reino do futebol.

2. Vem isto a propósito das prestações da A.D. Nogueirense e do F.C. Oliveira do Hospital, no Campeonato Distrital da Divisão de Honra de Coimbra. O primeiro segue em segundo a sete pontos do líder e o segundo em quarto a onze pontos. Por isso no campeonato do concelho o Nogueirense lidera com quatro pontos de vantagem.

3. Um campeonato é uma prova de regularidade e até agora o Nogueirense foi a equipa mais regular, tal como a classificação o diz. Quando estas duas equipas se defrontaram a equipa da cidade mostrou-se mais forte e melhor que o adversário, tendo ganho esse jogo.

4. Mas os jogos a eliminar são os da Taça e não os do Campeonato. Por isso é de registar o bom campeonato que o Nogueirense está a realizar, enquanto o do Oliveira do Hospital sabe a desilusão, já que sem dúvida que a equipa tem valor para fazer melhor do que aquilo que tenho visto.

5. Mas o povo diz “que até o lavar dos cestos é vindima”. Por isso só no final do Campeonato se farão as contas e ver-se-á quem é o melhor. O que me parece fundamental é que o Nogueirense continue bem e que o Oliveira regresse às boas exibições e aos bons resultados.

6. No futebol como na vida tudo muda num ápice. Para se ter uma boa equipa não depende apenas de ter bons jogadores Há uma variante psicológica que condiciona o desempenho dos atletas. Uma equipa forte em termos psicológicos torna-se vencedora por natureza. Os pequenos conflitos do grupo são ultrapassados com facilidade. Diria mais: as vitórias escondem sempre os pequenos defeitos….

7. Depois há outro factor que contribuiu para as vitórias ou para as derrotas. Essa variável é a sorte. A bola bate na trave e entra na baliza. Aparentemente a bola bate no mesmo lugar da trave e sai. É por isso que este desporto é Rei. Assim os jogadores o saibam ser, já que quando se dá tudo em campo, pode-se perder que se sai de cabeça erguida.

8. Este exemplo, lembra-me o meu Benfica quando era adolescente. Os jogadores corriam e honravam as camisolas vermelhas. Hoje os jogadores que chegam a este clube, pensam que o nome do Benfica chega para ganhar jogos… mas como disse o capitão do Español, “ a história dos clubes não ganha jogos”

9. Eu pergunto: Porque é que no Benfica os treinadores não conseguem atingir resultados, mesmo quando o plantel tem valor ?

Quer queiramos quer não, há uma motivação especial do adversário quando joga com o Benfica….mas também muitos jornalistas fazem de jogadores banais grandes craques. Isto não explica tudo mas explica alguma coisa.

José Carlos

LEIA TAMBÉM

Em Vila Franca da Beira houve manipulação pré-eleitoralista, por parte dos candidatos PS, de iniciativa da Câmara que até merecia ter sido mais “limpa”!… Autor: João Dinis, Jano

Em período de pré-campanha eleitoral – que as Eleições Autárquicas vão ser já a 1 …

Batalha de Aljubarrota – A Real Batalha – 14 de Agosto de 1385 – Faz 632 Anos. Autor: João Dinis, Jano

Viva Portugal !  Livre, Soberano e Independente !!!  Viva ! Sim, a 14 de Agosto …