1. A Escola João Veloso realizou recentemente um colóquio sobre a “ Política Desportiva Concelhia” tendo-me convidado para orador sobre este tema...

Fora de Jogo

…assim como o Dr. Fernando Brito e o professor Francisco Batista, com a moderação do jornalista Henrique Barreto. Senti-me honrado com o convite, o qual agradeço até porque considero que o debate foi rico em polémica, ideias, conceitos e posturas, quanto baste.

2. O Professor Francisco Batista, um homem que sabe sobre planeamento estratégico e gestão de equipamentos desportivos, deu uma lição brilhante e citou exemplos bem conseguidos quer na vizinha Espanha quer na nossa zona Centro.

3. O Francisco Batista é também treinador de futsal e uma das pessoas que mais sabe sobre esta modalidade. Dá formação a treinadores, é comentador da SIC nas transmissões directas dos jogos de futsal. É ouvindo pessoas com esta visão, que se pode mudar mentalidades e regras instituídas.

4. O debate em si foi muito proveitoso, dando- nos uma perspectiva do longo caminho que ainda temos que percorrer, se quisermos construir um concelho que tenha também no desporto uma palavra a dizer, sobretudo no desporto de lazer.

5. O Dr. Fernando Brito fez uma apresentação muito interessante, focalizada nalgumas deficiências encontradas nas infra-estruturas do nosso concelho. Como ex – vereador da Câmara Municipal tem uma visão crítica sobre esta problemática e apresentou algumas soluções para inverter o actual rumo.

6. Houve ainda intervenções do público ricas e que reflectiram sobre a prática desportiva do concelho, entre as quais a do Dr. Paulo Rocha, responsável por esta área na Câmara Municipal. A sua presença foi importante e na sua intervenção tentou justificar as opções políticas da Câmara nesta área. Ele afirmou “que a Câmara entrega os subsídios aos clubes, associações, deixando-lhe entregue a política desportiva…”

7. Não sou daqueles que considero este vereador meu inimigo, mas sim meu adversário político. Costumo confrontar ideias e nunca pessoas. Respeito a sua visão mas não concordo, achando que a política desportiva do concelho tem que ser muito mais do que isso. É fundamental perceber que o mundo mudou e que é preciso ter algumas coisas simples para que o exercício físico possa chegar a todos os cidadãos, numa perspectiva de um desporto de lazer.

 8. Por último não posso deixar de citar o excelente trabalho do Clube João Veloso (ARCED) e continuo a ser daqueles que pensa que a Câmara lhe deve atribuir o subsídio como faz aos outros. É uma discriminação tentar justificar o injustificável.

LEIA TAMBÉM

E porque digo eu que o Futebol Clube do Porto é a equipa de futebol mais próxima de jogar como faz o Real Madrid? Autor: João Dinis

Tipo “declaração de interesses”, digo que sou Benfiquista desde que me conheço (tenho 64 anos) …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …