Frio coloca todos os distritos sob aviso amarelo e leva ANPC a lançar alerta

Todos os distritos do continente estão sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, até às 6h00 de sábado, devido à previsão de valores muito baixos das temperaturas mínimas, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA adiantou na terça-feira, em comunicado, que em todo o território do continente a temperatura vai estar abaixo dos valores normais para a época do ano, em particular a temperatura mínima nas regiões do litoral, onde os valores vão descer abaixo dos 4 graus Celsius. Nas regiões do interior a temperatura mínima deverá ter valores entre 1 grau e -5. A temperatura máxima na Beira Alta e Trás-os-Montes será inferior a 8 graus.

A previsão de tempo frio e seco para os próximos dias levou também a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) a lançar também um alerta. A ANPC recomendou à população especial cuidado com o perigo das intoxicações por inalação de gases, devido a inadequada ventilação, em habitações onde se utilizem aquecimentos com lareiras e braseiras, com o piso escorregadio e acumulação de neve ou gelo. Recomendou também especial atenção aos grupos populacionais mais vulneráveis, crianças, idosos e pessoas portadoras de patologias crónicas e população sem-abrigo.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro períodos de céu muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir do início da manhã, aguaceiros fracos no litoral da região centro até ao início da manhã. Durante a tarde, no interior, prevê-se um aumento de nebulosidade com possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos, podendo ser na forma de neve acima dos 400 a 600 metros.

A previsão aponta ainda para formação de geada nas regiões do interior, descida da temperatura mínima e da máxima. Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 7 e 12 graus, no Porto, Évora e em Viana do Castelo entre 3 e 10, em Vila Real entre 0 e 7, em Bragança entre -2 e 6, em Viseu entre -1 e 6, na Guarda entre -3 e 2, em Castelo Branco entre 1 e 10, em Beja entre 4 e 11 e em Faro entre 8 e 14.

 

LEIA TAMBÉM

Autarca de Oliveira do Hospital tem muitas dúvidas sobre a capacidade de se fazer cumprir lei de limpeza da floresta

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital acredita que nenhum concelho vai conseguir …

AVMISP avisa, após reunião Marcelo Rebelo de Sousa, que falta de apoios pode levar empresas afectadas pelos incêndios a encerrar

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) lamentou hoje, na …