Galitos bate Sampaense após dois prolongamentos

Foram precisos dois prolongamentos para se encontrar o vencedor do jogo entre o Galitos Barreiro e o Sampaense Basket que teve ontem lugar no Pavilhão Municipal Luís de Carvalho.

A vitória acabou por sorrir ao Galitos Barreiro Tley (101-96) se bem que no final do tempo regulamentar as duas equipas poderiam perfeitamente ter decidido o encontro, e no final do 1º prolongamento a equipa de S. Paio de Gramaços esteve numa situação previligiada para vencer o encontro.

Durante o tempo regulamentar foi o Sampaense que dominou grande parte do jogo. Ao intervalo vencia por sete pontos de diferença (41-34), e a pouco mais de um minuto do final do 3º tempo dispunha de uma vantagem de dezasseis pontos (67-51). Cinco pontos sem resposta colocavam a formação da margem sul mais perto no marcador (56-67).

No último período, dez pontos consecutivos de Miguel Minhava voltavam a colocar o Galitos na discussão do resultado (71-76). E seria o próprio a 17 segundos do fim, com o resultado em 79-77 favorável ao Galitos, a desperdiçar dois lances livres que selariam o jogo. Falta em ato de lançamento de 3 pontos sobre Jovonni Shuler que a 3 segundos do fim tinha a possibilidade de fechar o encontro. Marcou dois obrigando o jogo a ir para prolongamento.

Nos primeiros 5 minutos extra, a equipa da margem sul a 29 segundos do final perdia por seis pontos de diferença (79-85), sem ter feito qualquer ponto nesse período. Não lhe restava outra alternativa que não fosse parar o relógio com faltas, obrigando o Sampaense a ter que ir para a linha de lance-livre. Dos seis de que dispôs desperdiçou cinco, e Minhava conseguia empatar mesmo no final.

No segundo prolongamento, a equipa do Barreiro esteve sempre na frente do marcador, por diferenças curtas, é certo, várias delas pela diferença mínima. Mas desta vez a linha de lance-livre não iria trair os comandados de António Paulo Ferreira, com Minhava selar a vitória ao converter os últimos 4 pontos da equipa.

O base Miguel Minhava (38 pontos, 11 ressaltos e 6 assistências) acabou por ser decisivo nos momentos mais difíceis vividos pela equipa, tendo contado com a ajuda de Quinton Doggett (15 pontos) e Andrew Bachanov (13 pontos).

Joel Almeida (32 pontos) foi o elemento da equipa do Sampaense que mais se destacou em termos ofensivos, seguido depois por Christopher Jr. com 19 pontos e Jovonni Shuler autor de 18 pontos e 12 ressaltos. Mas a exibição de Eki Viana (15 pontos, 14 ressaltos e 5 assistências) foi a mais bem conseguida no conjunto de S. Paio de Gramaços.

fpb.pt

LEIA TAMBÉM

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …

frio

Frio vai acentuar-se amanhã, mas sem previsão de chuva para os próximos dias

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para amanhã uma descida das …