Ginastas de Oliveira do Hospital arrecadaram título nacional

 

A primeira boa notícia chegou na sexta-feira, 25 de maio, com as ginastas que partiram de Oliveira do Hospital para representar a zona centro na final nacional, a darem como adquirido o título de campeãs nacionais em ginástica de grupo.

Um título que teve sabor a dobrar com o par feminino composto por Beatriz Pereira e Rita Almeida, a alcançar no dia seguinte, 26 de maio, o primeiro lugar da classificação.

Digna de louvor foi também a participação do trio feminino, composto por Carolina Santos, Sara Cunha e Catarina Brito que ficou posicionado no terceiro lugar da classificação.

A conquista do título nacional encheu de satisfação e orgulho o grupo de ginastas de Oliveira do Hospital comandado por Íris Tita, docente da Escola Secundária de Oliveira do Hospital, bem como os familiares e amigos das ginastas que têm vivenciado de perto cada conquista.

Sentimentos que rapidamente rumaram de Loures e contagiaram Oliveira do Hospital e que tiveram o seu ponto alto com a receção às ginastas que teve lugar, no sábado à noite, no Salão Nobre da Câmara Municipal.

Contagiadas pela emoção, as ginastas foram saudadas pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, pela vereadora do desporto, Graça Silva e pelo diretor da Escola Secundária, Albano Dinis.

Habituado às lides desportivas, o presidente da Câmara Municipal enalteceu o esforço das jovens atletas e da professora Íris Tita, chegando a confessar um “orgulho tremendo”, pelo feito conseguido em Loures, conhecida que é a dificuldade de se atingir o título de campeão.

“Eu poderia sonhar muito, mas nunca pensei que fossem campeãs nacionais”, admitiu, por sua vez, o diretor executivo da Escola Secundária, para quem o êxito alcançado muito se deve à professora – “é um exemplo de trabalho e perseverança”, frisou – e ao envolvimento dos próprios pais. Albano Dinis confessou-se assim orgulhoso pelo feito alcançado pelas jovens que frequentam o grupo que, há oito anos, nasceu no seio da escola que dirige.

A professora que sempre acreditou no potencial das atletas e há duas semanas se revelou confiante na boa participação das ginastas na final de Loures, responsabilizou cada uma das jovens pelo título alcançado. “É um sonho que foi alimentado e construído com estas meninas”, referiu Íris Tita, destacando a “força de vontade” de cada atleta e louvando também o envolvimento dos familiares a quem reconhece um papel fundamental na hora de apoiar as jovens, nos momentos considerados mais difíceis de superar.

As ginastas que se auto proclamam de “campeonas” têm idades compreendidas entre os 9 e os 17 anos e preparam-se para – tal como indicado pelo presidente Alexandrino – receber das mãos do município oliveirense uma menção honrosa. Uma distinção que será complementada com a oferta de um fim de semana num local à escolha das ginastas.

O ano de 2012 fica, para já, marcado no percurso do grupo de ginástica acrobática da Escola Secundária de Oliveira do Hospital como um ano de glórias.

Com oito anos de atividade, o grupo tem-se revelado atrativo para muitos jovens oliveirenses. Para além das 19 ginastas que se apresentaram em competição, o grupo conta atualmente com 60 ginastas em fase de treino orientado por Íris Tita.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital recebe final da etapa da Volta a Portugal de homenagem às populações afectadas pelos incêndios e Marcelo acompanha caravana

A 80.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta vai passar por alguns concelhos afectados …

Cristiano Ronaldo “CR7”: A máquina publicitária de “alta competição”… Autor: João Dinis

Para descontrair, vamos revisitar uns temas do nosso “futebolês” – designação que em geral propomos …