GNR arranca com nova operação de ajuda a idosos

GNR arranca hoje com nova operação de ajuda a idosos

A GNR inicia hoje várias acções de sensibilização junto dos idosos. As autoridades têm como objectivo ajudar a prevenir burlas relacionadas com a entrada em circulação da nova nota de dez euros e outras situações de burla e furto a residências. A operação designada por “Idosos em Segurança 2014”, termina a 19 de Outubro, e será executada pelos 3.761 militares dos Núcleos Idosos em Segurança (NIS), informou, em comunicado, a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Nas acções de sensibilização, os militares irão transmitir “conselhos sobre procedimentos de segurança” para prevenir situações de burla e furto em residências, com “o objectivo de potenciar o sentimento de segurança”, adianta a GNR no documento. Os 3.761 militares vão contactar pessoalmente os idosos, mas também irão realizar “acções em sala”, no decorrer das quais serão transmitidos e distribuídos folhetos com conselhos de segurança e cartões magnéticos com o contacto do NIS correspondente à área de residência. A GNR irá ainda aconselhar também os idosos sobre os procedimentos de segurança a adoptar com a entrada, na terça-feira, em circulação da nova nota de dez euros, da série “Europa”.

Distrito de Beja lidera número de idosos isolados, seguido pelo da Guarda

Durante a operação “Censos Sénior 2014”, realizada entre 15 de Janeiro e 15 de Fevereiro passados, a GNR sinalizou 33.963 idosos a viverem sozinhos ou isolados, sendo esta “a população alvo preferencial da presente operação”. Dos 33.963 idosos sinalizados pela GNR, 21.286 vivem sozinhos, 4.281 residem em locais isolados e 3.026 vivem sozinhos e isolados. Os militares da GNR encontraram também 5.370 idosos a viverem acompanhados, mas que “se encontram numa situação de vulnerabilidade” devido às suas “limitações físicas e psicológicas”.

A operação “Censos Sénior 2014”, registou um aumento de 4.008 idosos a viver sozinhos e mais 1.296 a residir isolados, relativamente ao Censos de 2013. E Viseu é o distrito com o maior número de idosos a viverem sozinhos ou isolados, onde foram identificados 2.945.

LEIA TAMBÉM

Atropelamento mortal em Candosa, concelho de Tábua

Mulher morreu hoje em Oliveira do Hospital vítima de atropelamento na EN17 junto ao Lidl

Uma mulher, com 60 anos, morreu ao final da manhã de hoje na sequência de …

João Paulo Albuquerque acusa PS por não concluir IC6, pelo menos, até 2030

João Paulo Albuquerque considera que o IC6 não é uma prioridade, mas sim uma necessidade …