Taxa de álcool da mulher que guiava com filhos no carro aumentava várias vezes o risco acidente mortal. Julgamento será dia 19.

GNR atenta à condução sobre efeito de álcool e drogas nas madrugadas de sábado e domingo

A Guarda Nacional Republicana vai intensificar nas madrugadas de sábado e domingo a fiscalização da condução sob influência de álcool e de drogas, no âmbito da “Operação Baco”. As acções de fiscalização serão direccionadas para as vias onde as infracções por excesso de álcool são mais frequentes, nomeadamente estradas nacionais, regionais e municipais e de acesso a estabelecimentos de diversão nocturna, explica um comunicado da GNR.

De 1 de Janeiro a 1 de Outubro deste ano, foram submetidos ao teste de alcoolemia 949.312 condutores. Destes, 22.463 conduziam com uma taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei e 8.720 (38,8%) foram detidos por apresentarem uma taxa igual ou superior a 1,2 gramas de álcool por litro de sangue.

Do total de detenções, 1.281 ocorreram no distrito de Aveiro, 971 no de Braga, 936 no de Faro, 699 no do Porto e 634 em Santarém. No distrito de Braga foram detectados 2.791 excessos, em Faro 2.620, em Aveiro 2.608, em Leiria 1.812 e no Porto 1.693.

LEIA TAMBÉM

Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

Detido em Seia traficante de estupefacientes

A GNR de Seia e de Paranhos da Beira detiveram um homem de 23 anos, …

Mortes em acidente em Tábua no acesso ao IC6

Dois homens morreram hoje na sequência de uma colisão frontal entre duas viaturas ligeiras numa …