Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

GNR aumenta esta semana controlo à condução sob efeito do álcool e substâncias psicotrópicas

A Guarda Nacional Republicana vai intensificar, durante toda a semana (de hoje até Domingo) e em todo o território nacional, a fiscalização da condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas. As acções serão direccionadas sobretudo para as vias e locais onde as infracções por excesso de álcool e por consumo de substâncias psicotrópicas são mais frequentes.

Desde o início do ano, foram submetidos ao teste de alcoolemia cerca de 516 mil condutores: 10 855 conduziam com taxa de álcool no sangue (TAS) superior ao permitido por lei (menos 1 153 ou seja, menos 10% do que em igual período de 2015), distribuídos geograficamente como em anexo.

Do total das infracções detectadas, 41% (4 462) resultaram em detenções de condutores, por conduzirem com TAS crime (igual/superior a 1,20 gramas/litro).

Esta operação será realizada de igual modo em todos os países da Europa e enquadra-se no plano definido pela European Traffic Police Network (TISPOL)), organismo que congrega todas as polícias de trânsito da Europa, no qual a GNR é representante nacional, e pelo Euro Controle Route (ECR), um grupo de serviços de controlo das estradas europeias cujo objectivo é o de melhorar a segurança rodoviária.

LEIA TAMBÉM

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …