GNR aumenta fiscalização ao encaminhamento dos resíduos dos lagares de azeite

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar até 31 de Janeiro a fiscalização em lagares de produção de azeite, dando particular atenção ao licenciamento daquelas unidades e ao encaminhamento e gestão de resíduos. “A correcta gestão dos resíduos assume especial importância na prevenção de agressões ao ambiente”, refere um comunicado das autoridades.

“Os militares estarão atentos à gestão de todos os resíduos provenientes da transformação da azeitona em azeite, bagaço e águas ruças e outras situações ilegais que constituam infracção às normas de protecção do ambiente”, refere a GNR em comunicado. “A correcta gestão dos resíduos assume especial importância na prevenção de agressões ao ambiente, promovendo assim métodos produtivos mais benéficos para o meio ambiente, bem como a sensibilização para os cuidados necessários para evitar derrames de águas poluídas e de outros resíduos no solo”, remata.

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …