GNR aumenta fiscalização ao encaminhamento dos resíduos dos lagares de azeite

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar até 31 de Janeiro a fiscalização em lagares de produção de azeite, dando particular atenção ao licenciamento daquelas unidades e ao encaminhamento e gestão de resíduos. “A correcta gestão dos resíduos assume especial importância na prevenção de agressões ao ambiente”, refere um comunicado das autoridades.

“Os militares estarão atentos à gestão de todos os resíduos provenientes da transformação da azeitona em azeite, bagaço e águas ruças e outras situações ilegais que constituam infracção às normas de protecção do ambiente”, refere a GNR em comunicado. “A correcta gestão dos resíduos assume especial importância na prevenção de agressões ao ambiente, promovendo assim métodos produtivos mais benéficos para o meio ambiente, bem como a sensibilização para os cuidados necessários para evitar derrames de águas poluídas e de outros resíduos no solo”, remata.

LEIA TAMBÉM

Governo lança hoje financiamento de 36 milhões para recuperar floresta das áreas ardidas, sendo 4 milhões para o Pinhal Interior

O Governo lança hoje concursos faseados de apoio à floresta, por região do país, no …

À Boleia Autor: André Duarte Feiteira

O país da Maria, do Manuel, das cunhas e dos tachos! Autor: André Duarte Feiteira

Que bonito é Portugal! Um país à beira mar plantado, com um clima afortunado e …