Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

GNR aumenta fiscalização com a Operação Páscoa que decorre entre amanhã e domingo

A Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou hoje que vai intensificar, com a Operação Páscoa, entre as 00h00 de quinta-feira e as 24h00 de domingo, o patrulhamento e a fiscalização rodoviária. O objectivo é combater a sinistralidade e garantir o apoio a todos os automobilistas.

O excesso de velocidade e o não cumprimento das regras de trânsito serão alvo de especial atenção por parte dos 4.500 militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito. A falta de habilitação legal para conduzir, à condução sob o efeito de álcool e de substâncias psicotrópicas, à não utilização do cinto de segurança e de sistemas de retenção para crianças, serão outros pontos sobre os quais incidirá a fiscalização explica um comunicado daquela força.

A GNR aconselha ainda os condutores a reduzirem substancialmente a velocidade na travessia de localidades e uma especial atenção para com os peões. Alerta igualmente os condutores para a necessidade de terem atenção ao aumento de ciclistas nas estradas portuguesas e para a necessidade de uso dos cintos traseiros das viaturas, já que se regista um aumento de vítimas entre esses passageiros.

LEIA TAMBÉM

Presidente da República a caminho de Oliveira do Hospital e António Costa reunido com presidentes de Câmara naquela cidade

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, está a caminho de Oliveira do Hospital …

PSA Mangualde interrompe produção devido aos incêndios

A fábrica da Citroën, do grupo PSA, em Mangualde, interrompeu a produção devido aos incêndios …