GNR da Lousã desmantelou estufa artesanal de Canábis

O consumo e o tráfico de estupefacientes continuam na mira do Destacamento Territorial da GNR da Lousã. Ontem, o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) desmantelou uma estufa artesanal de Canábis em Penela.
Este foi o resultado de uma busca domiciliária realizada, durante a manhã no concelho de Penela, e que também permitiu ao destacamento Territorial da GNR da Lousã apreender diverso material relacionado com um furto em residência.
A GNR apreendeu 108 plantas de «cannabis sativa» em fase de crescimento e procedeu ainda à detenção de uma mulher de 37 anos. As plantas de canabis apreendidas tinham altura entre os 10 e os 70 centímetros. Também foram apreendidas várias sementes de «cannabis sativa» em fase de germinação, uma balança de precisão, diversos eletrodomésticos e mobiliário furtado.
Em comunicado enviado ao correiodabeiraserra.com, o Destacamento da GNR da Lousã informa que “a operação ocorreu na sequência de um processo-crime que teve por base uma investigação por furto no interior de residência”.

LEIA TAMBÉM

Raul Alarcon conquistou camisola amarela em Oliveira do Hospital e Marcelo Rebelo de Sousa concentrou atenções

O espanhol Raul Alarcon (W52-FC Porto) foi hoje a grande figura da Volta a Portugal …

Governo lança hoje financiamento de 36 milhões para recuperar floresta das áreas ardidas, sendo 4 milhões para o Pinhal Interior

O Governo lança hoje concursos faseados de apoio à floresta, por região do país, no …