GNR de Gouveia mantém investigação que já desmantelou dez estufas de droga em Oliveira do Hospital, Seia e Arganil

A GNR de Gouveia ainda não deu por terminada a averiguação iniciada em Setembro e que levou na última terça-feira à detenção de 12 pessoas, com idades compreendidas entre os 17 e os 70 anos, nos concelhos de Oliveira do Hospital, Seia e Arganil por responsáveis pelo cultivo e tráfico de droga em estufas. As autoridades garantem que a investigação vai continuar e poderá conduzir a mais detenções e à detecção de outros pontos de produção.

Esta primeira fase permitiu desmantelar dez estufas totalmente equipadas para a produção de droga, com sistemas de iluminação para ajudar ao crescimento das plantas, dotadas com sistema de ventilação e irrigação, bem como outros produtos. Foram ainda apreendidas 292 plantas de canábis, 32 quilos de liamba, que permitiriam colocar no mercado 12800 doses, 410 doses de haxixe e outras de pólen de haxixe. O valor desta droga quando colocada em circulação no mercado rondaria os 67 mil euros.

A acção da última terça-feira, recorde-se, contou com 83 militares da GNR pertencentes às diversas valências dos Comandos Territoriais da Guarda, Viseu, Castelo Branco e Coimbra. As forças policiais acabaram por apreender 292 plantas de cannabis; 32 quilos de liamba (equivalente a 12 800 doses); 410 doses de haxixe; 340 doses de pólen de haxixe; dez estufas para cultivo de cannabis equipadas com sistemas de irrigação, iluminação/aquecimento e ventilação; dez balanças de precisão digitais; três caçadeiras calibrem 12; uma pistola de alarme; várias munições, um carregador com munições da espingarda G3, um metro de cordão detonante; duas armas brancas; cinco viaturas ligeiras; cinco computadores portáteis, duas máquinas fotográficas, um tablet, vários discos rígidos e pen’s USB; 15 telemóveis e 20 cartões de telemóvel; e 14 425 euros em numerário.

LEIA TAMBÉM

Fogo em duas localidades do concelho de Oliveira do Hospital já foi dominado

Situação em Góis “é preocupante” e pode agravar-se

O comandante operacional da Protecção Civil, Vítor Vaz Pinto, disse hoje que o incêndio de …

PSD e CDS/PP de Oliveira do Hospital solidários com vítimas da tragédia de Pedrogão Grande

O Partido Social Democrata de Oliveira do Hospital e o CDS/PP manifestaram–se ontem solidários com …