GNR de Viseu deteve assaltantes de postos de combustíveis com recurso a armas de fogo

O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Viseu deteve na terça-feira, em Aveiro, dois homens com 30 e 32 anos, por roubo com recurso a armas de fogo. A investigação que decorria há cerca de cinco meses permitiu recuperar durante três buscas domiciliárias e duas não domiciliárias vário material. Os detidos ficaram em prisão preventiva por ordem do Tribunal Judicial de São Pedro do Sul.

Os detidos estão referenciados por 33 roubos com recurso a armas de fogo a postos de combustível e 28 furtos em estabelecimentos e viaturas, praticados nos últimos cinco meses nos distritos de Viseu, Aveiro e Porto, mais propriamente nos concelhos de Castro Daire, Viseu, Oliveira de Frades, Águeda, Albergaria-a-velha, Vila Nova de Gaia e Santa Maria da Feira. Ambos têm antecedentes criminais e actuavam sempre encapuzados com gorros e luvas ameaçando as vítimas com a arma, sendo que, os dois últimos veículos furtados e usados para praticarem os roubos foram incendiados para eliminar vestígios.

A operação contou com o apoio do Comando Territorial de Aveiro, da Unidade de Intervenção e da Polícia Judiciária do Porto permitiu recuperar e apreender o seguinte material: uma espingarda de canos serrados, 39 cartuchos, 430 euros, sete telemóveis; seis LCD’s; cinco relógios, dois computadores, dois tablet’s, dois leitores de DVD, duas bicicletas; uma máquina fotográfica, cinco frascos de perfume, quatro garrafas de bebidas alcoólicas, diversas ferramentas, bem como diversos acessórios usados na prática dos roubos.

LEIA TAMBÉM

Universidade de Coimbra aposta na folha de mirtilo para tratamento da Esclerosa Múltipla

Um projecto de investigação da Universidade de Coimbra aposta no potencial terapêutico da folha de …

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve 12 pessoas em Coimbra por suspeita de tráfico de droga

A Directoria do Centro da Polícia Judiciária anunciou hoje ter detido, na terça-feira, doze pessoas …