GNR de Viseu deteve assaltantes de postos de combustíveis com recurso a armas de fogo

O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Viseu deteve na terça-feira, em Aveiro, dois homens com 30 e 32 anos, por roubo com recurso a armas de fogo. A investigação que decorria há cerca de cinco meses permitiu recuperar durante três buscas domiciliárias e duas não domiciliárias vário material. Os detidos ficaram em prisão preventiva por ordem do Tribunal Judicial de São Pedro do Sul.

Os detidos estão referenciados por 33 roubos com recurso a armas de fogo a postos de combustível e 28 furtos em estabelecimentos e viaturas, praticados nos últimos cinco meses nos distritos de Viseu, Aveiro e Porto, mais propriamente nos concelhos de Castro Daire, Viseu, Oliveira de Frades, Águeda, Albergaria-a-velha, Vila Nova de Gaia e Santa Maria da Feira. Ambos têm antecedentes criminais e actuavam sempre encapuzados com gorros e luvas ameaçando as vítimas com a arma, sendo que, os dois últimos veículos furtados e usados para praticarem os roubos foram incendiados para eliminar vestígios.

A operação contou com o apoio do Comando Territorial de Aveiro, da Unidade de Intervenção e da Polícia Judiciária do Porto permitiu recuperar e apreender o seguinte material: uma espingarda de canos serrados, 39 cartuchos, 430 euros, sete telemóveis; seis LCD’s; cinco relógios, dois computadores, dois tablet’s, dois leitores de DVD, duas bicicletas; uma máquina fotográfica, cinco frascos de perfume, quatro garrafas de bebidas alcoólicas, diversas ferramentas, bem como diversos acessórios usados na prática dos roubos.

LEIA TAMBÉM

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …