GNR deteve suspeito de tráfico e apreendeu droga na Lousã

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial da Lousã levou a cabo, durante esta manhã, cinco buscas domiciliárias que culminaram com a recuperação de diverso material furtado e com a apreensão de 99 plantas de «cannabis sativa».

Na sequência das apreensões foi detido um indivíduo do sexo masculino, de 36 anos de idade, residente no concelho da Lousã, por suspeita de tráfico de produtos estupefacientes.
“Das buscas salienta-se, para além da apreensão de 99 plantas de «cannabis sativa», com alturas entre os 1,60 metros e os 60 centímetros, a apreensão de 185 doses de Haxixe, 1g de Cannabis e várias sementes, 1g de Cogumelos Alucinogénios, uma balança de precisão e diversos eletrodomésticos furtados”, informa a GNR em comunicado enviado ao correiodabeiraserra.com.

Foram ainda constituídos arguidos dois indivíduos, ambos de 46 anos de idade, residentes no concelho da Lousã, por tráfico de produtos estupefacientes e por furtos no interior de residências.

A operação ocorreu na sequência de quatro processos-crime que tiveram por base uma investigação por tráfico de produtos estupefacientes e por furtos no interior de residências.

LEIA TAMBÉM

Denuncia do grupo do empresário Fernando Tavares Pereira coloca IMT sob investigação do DIAP

Duas empresas do grupo Tavfer, do empresário Fernando Tavares Pereira, a CIMA – Centro de …

Universidade de Coimbra aposta na folha de mirtilo para tratamento da Esclerosa Múltipla

Um projecto de investigação da Universidade de Coimbra aposta no potencial terapêutico da folha de …