GNR encerra quatro OGR em operação de fiscalização de potenciais vias de escoamento de materiais furtados e locais suspeitos receptação.

GNR encerra quatro OGR em operação de fiscalização de potenciais vias de escoamento de materiais furtados e locais suspeitos receptação.

A Guarda Nacional Republicana deteve uma pessoa e encerrou de quatro Operadores de Gestão de Resíduos (OGR)e apreendeu 57 quilos de cobre. A operação decorreu, nos dias 21 e 22 de Setembro, e foi orientada para vias usadas potencialmente para o escoamento dos materiais furtados e para os locais suspeitos de efectuarem a sua receptação.

Durante a operação foram empenhados 949 militares, do Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente, da Investigação Criminal, da Unidade de Nacional de Trânsito e da Unidade de Acção Fiscal.

Esta coordenação de esforços permitiu realizar 433 acções (49 em locais suspeitos, 113 em Operadores de Gestão de Resíduos (OGR) e 271 em transportes), resultando na detenção de uma pessoa, no encerramento de quatro OGR e na apreensão de 57 quilos de cobre. A operação foi desenvolvida no âmbito da EUROPOL, agência europeia de Polícia que tem por missão contribuir para uma Europa mais segura, através do apoio às forças de segurança dos estados membros, no âmbito da prevenção e da erradicação dos fenómenos relacionados com a criminalidade organizada internacional e terrorismo, disponibilizando para tal as suas capacidades de tratamento e intercâmbio de informação criminal.

 

LEIA TAMBÉM

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …