Detidos por tráfico de droga em Santa Comba Dão

GNR identificou suspeito de fogo no Parque Natural da Serra da Estrela Incêndio

A GNR identificou um homem de 51 anos suspeito da autoria do incêndio florestal que deflagrou ontem na zona de Corujeira, Guarda, disse esta terça-feira fonte daquela instituição. O crime terá sido motivado por questões de vingança.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, o homem, que é residente na aldeia de Corujeira, terá provocado o incêndio “motivado por questões de vingança contra os irmãos e por heranças familiares”.

O incêndio começou junto da casa do suspeito “e ardeu tudo menos a parte dele”, contou. O homem foi identificado pela GNR que depois deu conhecimento à Polícia Judiciária da Guarda que iniciou a investigação.

A GNR da Guarda estima que as chamas tenham destruído “entre 60 a 80 hectares” de área do Parque Natural da Serra da Estrela, neste incêndio florestal, que teve início às 14h07 e foi dominado cerca das 20h00, foi combatido por 140 operacionais, 41 veículos e dois aviões bombardeiros.

LEIA TAMBÉM

Ano de 2019 vai ter três fins-de-semana prolongados e quatro possibilidades de “pontes”

O ano de 2019 vai ter dois feriados à sexta-feira e um numa segunda-feira, permitindo …

Mais de duas toneladas de queijo denominado Serra da Estrela apreendidos em Seia

Mais de duas toneladas de queijo indevidamente classificado com denominação de origem protegida (DOP) Serra …