GNR investiga origem de incêndios florestais no distrito da Guarda

A GNR anunciou que está a investigar a origem de cinco incêndios florestais, hoje, registados nos concelhos de Seia, Gouveia e Fornos de Algodres, no distrito da Guarda.

Segundo o tenente-coronel Cunha Rasteiro, oficial de relações públicas do Comando Territorial da GNR da Guarda, estão no terreno equipas de proteção florestal do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) do Destacamento Territorial de Gouveia que investigam “as causas dos incêndios” ocorridos nas últimas horas.

Segundo a página de internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), pelas 14H00, o fogo de Baiol, com uma frente ativa, estava a ser combatido por 87 operacionais, apoiados por 22 veículos.

Já o fogo de Loriga, também com uma frente em evolução, era combatido por 19 elementos, cinco veículos e um helicóptero bombardeiro.

LEIA TAMBÉM

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …

frio

Frio vai acentuar-se amanhã, mas sem previsão de chuva para os próximos dias

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para amanhã uma descida das …