motards

GNR reforça fiscalização aos “motards” no domingo

A Guarda Nacional Republicana anunciou hoje que vai intensificar, no domingo, a fiscalização aos motociclos nas estradas com maior intensidade de tráfego destes veículos e onde exista um risco acrescido de acidentes, estando mobilizados cerca de 1000 militares. A GNR explica em comunicado que a operação “Moto” tem como objectivo proporcionar aos utentes das vias “uma maior segurança e de sensibilizar os motociclistas para uma condução responsável”.

A GNR refere ainda que a fiscalização a motociclos, ciclomotores, triciclos e quadriciclos vai envolver um efectivo de cerca de 1000 militares de todos os comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito.

Aquela força adianta que, na sua área da responsabilidade, já morreram 25 motociclistas em acidentes de viação este ano, representando 13,5 por cento das vítimas mortais nas estradas. O envolvimento de motociclos em acidentes de viação resultam, segundo a corporação, resulta na maior parte dos casos, em vítimas mortais ou em feridos graves, ocorrendo a maior parte das vítimas em cenário de despiste com colisões associadas.

Para reduzir a sinistralidade rodoviária envolvendo motociclos, a GNR aconselha a uma condução dentro dos limites de velocidade definidos por lei, sobretudo dentro das localidades. E apela ainda aos motociclistas para evitarem manobras perigosas, que usem do capacete de protecção, não conduzam sob o efeito do álcool, verifiquem o estado dos pneus e protejam-se com roupa e equipamento adequado.

LEIA TAMBÉM

Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

Detido em Seia traficante de estupefacientes

A GNR de Seia e de Paranhos da Beira detiveram um homem de 23 anos, …

Mortes em acidente em Tábua no acesso ao IC6

Dois homens morreram hoje na sequência de uma colisão frontal entre duas viaturas ligeiras numa …