Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

GNR tenta combater actos de negligência que fizeram arder mais de 53 mil hectares em 2016

GNR vai levar a cabo operações de sensibilização e fiscalização em todo o país até ao próximo dia 14 de Maio, em todo o território nacional, várias acções de sensibilização junto das populações, em especial das comunidades escolares, a propósito da problemática dos incêndios florestais.

Os dados indicam que dos mais de 161 mil hectares de floresta que arderam no ano passado, mais 93 mil do que em 2015, 53 mil ficaram-se a dever a actos de negligência.

Os militares da Guarda Nacional Republicana vão realizar ainda acções de fiscalização com o objectivo de corrigir situações de incumprimento face à obrigatoriedade da manutenção das faixas de gestão de combustível.

Em 2016, 33 por cento dos incêndios resultaram de negligência, 20 por cento foram intencionais e 10 por cento por reacendimento, além de 36 por cento que se ficaram a dever a causas não determinadas.

LEIA TAMBÉM

Candidato do PSD acusa executivo Tábua de não reflectir nas contas dívidas de 1,5 milhões

O candidato do PSD à Câmara Municipal de Tábua, José Pereira, acusa o actual executivo …

Oliveira do Hospital renova voto a João Paulo II

 O “Dia Unidade Pastoral de Oliveira do Hospital” celebra-se no próximo domingo e, num evento …