GNR vai intensificar fiscalização à utilização de telemóveis

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai realizar, durante a próxima semana e em todo o território nacional, uma campanha que pretende sensibilizar os condutores para os riscos associados ao uso indevido do telemóvel durante a condução.
Sob o lema “A sua prioridade é viver, não é atender!”, numa primeira fase (30 de Novembro e 2 de Dezembro) serão realizadas diversas acções de sensibilização, através das Secções de Programas Especiais dos Comandos Territoriais, com especial incidência para o meio escolar. Numa segunda acção (3 e 4 de Dezembro) será intensificada a fiscalização rodoviária, através dos vários Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, no sentido de detectar este tipo de infracções.

A incorrecta utilização e o manuseamento dos telemóveis ou dispositivos similares durante a condução, para a realização de chamadas, envio de mensagens ou consulta de redes sociais, limita as capacidades do condutor, provocando, segundo a GNR, distracção visual (tira os olhos da estrada); limitação motora (tira as mãos do volante); condicionamento cognitivo (abstrai a mente da condução).

Desde o início do ano e até ao dia de ontem, 27 de Novembro, foram detectadas mais de 26 mil infracções por uso indevido do telemóvel durante a condução.Telemóvel

LEIA TAMBÉM

Universidade de Coimbra aposta na folha de mirtilo para tratamento da Esclerosa Múltipla

Um projecto de investigação da Universidade de Coimbra aposta no potencial terapêutico da folha de …

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve 12 pessoas em Coimbra por suspeita de tráfico de droga

A Directoria do Centro da Polícia Judiciária anunciou hoje ter detido, na terça-feira, doze pessoas …

  • mari

    muito bom…..afinal é preciso colocar as pessoas para sua segurança própia na lei …