GNR vai intensificar fiscalização à utilização de telemóveis

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai realizar, durante a próxima semana e em todo o território nacional, uma campanha que pretende sensibilizar os condutores para os riscos associados ao uso indevido do telemóvel durante a condução.
Sob o lema “A sua prioridade é viver, não é atender!”, numa primeira fase (30 de Novembro e 2 de Dezembro) serão realizadas diversas acções de sensibilização, através das Secções de Programas Especiais dos Comandos Territoriais, com especial incidência para o meio escolar. Numa segunda acção (3 e 4 de Dezembro) será intensificada a fiscalização rodoviária, através dos vários Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, no sentido de detectar este tipo de infracções.

A incorrecta utilização e o manuseamento dos telemóveis ou dispositivos similares durante a condução, para a realização de chamadas, envio de mensagens ou consulta de redes sociais, limita as capacidades do condutor, provocando, segundo a GNR, distracção visual (tira os olhos da estrada); limitação motora (tira as mãos do volante); condicionamento cognitivo (abstrai a mente da condução).

Desde o início do ano e até ao dia de ontem, 27 de Novembro, foram detectadas mais de 26 mil infracções por uso indevido do telemóvel durante a condução.Telemóvel

LEIA TAMBÉM

Governo lança hoje financiamento de 36 milhões para recuperar floresta das áreas ardidas, sendo 4 milhões para o Pinhal Interior

O Governo lança hoje concursos faseados de apoio à floresta, por região do país, no …

À Boleia Autor: André Duarte Feiteira

O país da Maria, do Manuel, das cunhas e dos tachos! Autor: André Duarte Feiteira

Que bonito é Portugal! Um país à beira mar plantado, com um clima afortunado e …

  • mari

    muito bom…..afinal é preciso colocar as pessoas para sua segurança própia na lei …