GNR efectua detenção por furto e apreende cortiça

GNR vai reforçar segurança dos agricultores

A GNR vai reforçar, a partir de amanhã e até ao dia 31 de Janeiro de 2017, o patrulhamento nas explorações agrícolas em todo o território nacional. O objectivo é prevenir o furto de produtos agrícolas e de metais não preciosos.

“Durante o período da operação, serão empenhados militares dos Comandos Territoriais, do Serviço da Protecção da Natureza e Ambiente (SEPNA), da Investigação Criminal e dos Núcleos de Programas Especiais, que realizarão acções de patrulhamento com o intuito de prevenir e de reprimir a criminalidade nas explorações agrícolas, transmitindo assim aos agricultores um sentimento de segurança, proximidade e de confiança”, explica aquela força de segurança.

Na operação de 2015, registaram-se: 59 crimes, 71 detenções, 483 indivíduos identificados e 297 contra-ordenações. Dos ilícitos, a maior incidência registou-se no furto de azeitona, no furto de metais não preciosos e no furto de pinha mansa, tendo sido apreendidos no total: 19,2 toneladas de azeitona, 165 quilos de metais não preciosos e 100 quilos de pinha mansa.

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Filho preso por suspeitas de ter matado mãe com martelo em Viseu

O homem de 37 anos suspeito de ter matado a mãe em Santarinho, no concelho …

Um morto e dois feridos em acidente em Viseu

Uma colisão entre dois veículos ligeiros hoje de manhã, em Sátão, distrito de Viseu, provocou …