Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

GNR vai reforçar amanhã e domingo fiscalização sobre a condução sob efeito de álcool e droga

A GNR anunciou hoje que vai voltar a intensificar, amanhã e domingo, em todo o país, a fiscalização da condução sob influência de álcool e de substâncias psicotrópicas, bem como o combate à criminalidade.

A operação, denominada ‘Baco’, vão contar com 881 militares da Unidade Nacional de Trânsito, dos Comandos Territoriais e da Unidade de Intervenção, que vão realizar 322 acções de fiscalização, adianta a Guarda Nacional Republicana, em comunicado.

AS acções de fiscalização vão estar direccionadas para as vias onde as infracções por excesso de álcool são mais frequentes e dão origem a um risco acrescido de acidentes de viação, sobretudo para as estradas nacionais, regionais e municipais de acesso a estabelecimentos de diversão nocturna, e nos casos em que existam dados ou indícios da prática de ilícitos de natureza criminal.

A GNR fiscalizou este ano 475.384 condutores, dos quais 10.554 conduziam com excesso de álcool, tendo 4.270 sido detidos por conduzirem com taxa crime (igual ou superior a 1,20 gramas/litro). Aquela força de segurança sublinha, ainda, que continua a ser uma prioridade “a redução dos índices de sinistralidade rodoviária”, estando, por isso, planeadas, para este ano, diversas operações nacionais dirigidas para a condução sob o efeito do álcool, excesso de velocidade e não utilização dos cintos de segurança.

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Filho preso por suspeitas de ter matado mãe com martelo em Viseu

O homem de 37 anos suspeito de ter matado a mãe em Santarinho, no concelho …

Um morto e dois feridos em acidente em Viseu

Uma colisão entre dois veículos ligeiros hoje de manhã, em Sátão, distrito de Viseu, provocou …