Governo Civil acompanha situação empresarial e perspectiva constituição de um observatório permanente

A realização de reuniões com a participação de responsáveis empresariais, sindicatos e organismos da administração pública é apontada como uma das medidas que tem vindo a ser agilizada pela estrutura governativa que – conforme a mesma nota – perspectiva a constituição para breve de um observatório permanente.

“Tem sido assim ao longo de todo o mandato e, sob a coordenação do Governador Civil, este método de trabalho vem permitindo reforçar a concertação social, zelar pela manutenção de postos de trabalho e apoiar a actividade económica do Distrito”, adianta o comunicado enviado a este diário digital, onde é ainda referido que o Governador Civil e o seu gabinete “têm assumido uma postura pró-activa, permitindo, por vezes, um ganho de tempo e assim evitar consequências danosas para as empresas”.

Ao mesmo tempo que é destacada a estreita articulação entre os actores envolvidos, para a resolução de casos concretos, especialmente, no tocante à relação das empresas com os seus trabalhadores e com os organismos do Estado, o Governo Civil de Coimbra adianta que a mesma tem vindo a ser reconhecida, quer pelos dirigentes sindicais, quer pelas empresas envolvidas.

O Governo Civil dá conta da realização de reuniões nos passados dias 12 e 13 de Janeiro, que juntaram nas suas instalações responsáveis pelas empresas, sindicatos, ministério da Economia (IAPMEI), o ministério do Trabalho e da Segurança Social (Instituto de Gestão Financeira) e o ministério das Finanças (Direcção de Finanças de Coimbra), com vista à resolução de problemas específicos.

Sem entrar em pormenores, a estrutura governativa refere que as empresas em questão desenvolvem a sua actividade em sectores diversos e que provêm, indiscriminadamente, de todo o distrito, não estando, pois, sedeadas num Concelho, em particular.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …