Governo estuda formas de compensar quem deixe de fumar

O Governo liderado por Pedro Passos Coelho está a equacionar novas estratégias para levar as pessoas a deixarem de fumar. Uma das ideias, avança hoje o jornal PÚBLICO, passa por entregar ao ex-fumador o dinheiro que teria sido gasto na comparticipação de medicamentos para este efeito. A medida está a ser estudada, garante secretário de Estado adjunto do ministro da Saúde.

Nesta forma de combate ao tabagismo, um fumador em vez de tomar medicação para abandonar o vício, deverá fazê-lo de forma voluntária e, se “comprovado, ao fim de um período de ausência de consumo”, iria receber o dinheiro que seria gasto no tratamento com fármacos.

Esta é apenas uma das estratégias que estão a ser analisadas pelos responsáveis do Ministério da Saúde. O secretário de Estado adjunto da tutela referiu que “é importante que se perceba que a eficácia relativa, a longo prazo, destes medicamentos é relativamente baixa se não houver outras medidas de apoio”. Por esta razão, acrescenta Leal da Costa, há a necessidade de encontrar um “sistema de comparticipação que premeie a adesão a um programa de desabituação, não somente ao medicamento”.

Mas existem outras propostas em cima da mesa. “Ainda não desistimos de procurar a comparticipação dos medicamentos para a desabituação”, garantiu o governante ao PÚBLICO.

LEIA TAMBÉM

Dois mortos e quatro feridos em acidente no IP3 em Santa Comba Dão

Um acidente no IP3 provocou duas vítimas mortais e quatro feridos, dois em estado grave. …

GNR deteve alegados traficantes de droga nos acessos a uma “Rave” em Oliveira do Hospital

Pastor de 90 anos continua desaparecido em Seia

Um pastor de 90 anos que está desaparecido na pequena localidade de Valezim no concelho de …