Granada de mão encontrada numa habitação em Digueifel

De acordo com o Comandante do Destacamento Territorial da GNR da Lousã, o alerta foi dado pelos construtores ao posto da GNR de Oliveira do Hospital, que chamou a equipa de inactivação com o objectivo de detonar a carga existente na granada.

Ao correiodabeiraserra.com, Armando Videira referiu que a granada de mão tinha um aspecto bastante antigo e encontrava-se sem cavilha. Segundo adiantou, o engenho encontrava-se embutido num buraco da parede, localizado por cima de uma porta das dependências da casa.

De acordo com as autoridades, o engenho explosivo encontrado é da altura da Guerra Colonial e que, por descuido ou esquecimento, foi guardado inadvertidamente no interior daquela habitação.

Os trabalhos de inactivação prolongaram-se até ao início da tarde e, apesar da situação verificada esta manhã, nada leva a crer que possam vir a ser encontrados outros engenhos explosivos no interior da antiga habitação, localizada na Rua Direita de Digueifel. 

LEIA TAMBÉM

Candidato do PSD a Travanca promete “um presidente para todos os dias e não apenas para o fim-de-semana”

O PSD apresentou ontem publicamente a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Travanca de …

Festival “Origens” de Travanca de Lagos agendado para o próximo fim-de-semana

Os Jovens da Liga de Travanca de Lagos apresentam, de sexta-feira a domingo, mais uma …