Numa contundente nota de imprensa enviada ao correiodabeiraserra.com, a Comissão Política de Secção (CPS) do PSD de Oliveira do Hospital reage às recentes...

PSD: “Guerra aberta” entre a concelhia de Mendes e a distrital de Soares

…declarações de Jaime Soares – o líder distrital do partido apoia Mário Alves numa recandidatura à câmara – acusando-o de “falta de honestidade política no cumprimento de funções de grande responsabilidade”.

“Não reconhecemos, por isso, legitimidade nem idoneidade moral e muito menos autoridade política a Jaime Soares para agora vir, tardiamente, tentar impor a sua vontade à população de Oliveira do Hospital”, sustenta a estrutura concelhia do PSD liderada por José Carlos Mendes, ao mesmo tempo que acusa Soares de utilizar uma “linguagem hipócrita”.

O apoio ontem tornado público das estruturas distrital e nacional do partido não caiu bem junto da CPS que, na mesma nota de imprensa volta a dar como certo o nome do líder José Carlos Mendes como candidato pelo PSD à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. “Esta Comissão Política vai apostar num candidato ganhador! Por isso, temos hoje um projecto alternativo para o concelho. Um projecto corporizado, por um nome consensual, que assegurará uma vitória expressiva m 2009”, lê-se naquela nota, onde é apontado o nome de Mendes que no passado dia 12 de Abril foi reconduzido na presidência local do partido.

Em face das declarações do líder da Distrital do PSD, a equipa de Mendes critica o facto de Jaime Soares definir um “conjunto de princípios que no seu entender justificam a candidatura do actual presidente da câmara”. O PSD local não hesita também em adjectivar de “inqualificável e desrespeitosa” a forma como o presidente da Distrital se referiu à Comissão Concelhia, ao mesmo tempo que se opõe ao modo como o partido se encontra a debater as questões internas.

Salvaguardando que, por diversas vezes, Soares foi convidado a participar nas iniciativas do PSD oliveirense como forma de “esbater o clima de conflitualidade criado pelo actual presidente da câmara”, a Comissão Política do PSD oliveirense lamenta a “ausência” de Soares, chegando até a considerar que o líder distrital “está mais preocupado em defender os interesses corporativos e ambições pessoais de determinadas pessoas”.

Com um discurso frontal, a equipa de José Carlos Mendes não abdica de fazer valer a legitimidade alcançada com as duas últimas vitórias internas no PSD, não aceitando por isso que “elementos estranhos à sua vida interna, queiram interferir com as suas decisões”. “Recusamo-nos a aceitar lições de democracia, por parte de quem tem uma visão tão estreita e unilateral das regras que devem presidir ao normal relacionamento entre instituições e pessoas”, adiantam, ao mesmo tempo que lembram a Soares que “terá que entender que o processo de renovação em curso é irreversível”.

Mandato de “improviso” e “proeza de criar clivagens”

 

Extensível a Mário Alves, a nota da CPS de José Carlos Mendes acusa ainda o actual presidente do município de pautar a sua acção “por um clima de extrema conflitualidade com todas as forças políticas concelhias” e de não saber “aglutinar à sua volta um conjunto mobilizador de interesses e personalidades de destaque na sociedade civil”.

O PSD local chega até a falar de um mandato de “improviso” em que o autarca eleito pelo mesmo partido conseguiu “a proeza de criar clivagens, ódios inultrapassáveis e conflitos institucionais”. “O actual presidente da Câmara não reúne condições mínimas exigíveis a quem se propõe, em primeira instância, ser o presidente de todos os oliveirenses”, sustentam.

Segundo aquela nota, o PSD de Oliveira do Hospital aguarda pela marcação de uma reunião – já solicitada pela Comissão Política – com a recém-eleita presidente nacional do partido, Manuela Ferreira Leite, com o objectivo de apresentar o plano de acção já definido e relatar o actual momento político vivido no concelho.

Apesar das tentativas, o correiodabeiraserra.com ainda não conseguiu obter uma reacção de Jaime Soares à posição agora divulgada pela Comissão Política de Secção do PSD de Oliveira do Hospital, ficando a mesma reservada para mais tarde.

LEIA TAMBÉM

PSD de Oliveira do Hospital considera que atribuir a Medalha de Ouro a Ana Abrunhosa “é condecorar a incompetência”

O PSD oliveirense não entende as razões que levam a Câmara Municipal de Oliveira do …

Governo aprovou mais quatro diplomas que passam competências para as autarquias e entidades intermunicipais

O Governo aprovou hoje mais quatro diplomas sectoriais da transferência de competências para autarquias e …