Homem atirou pedras e impediu helicóptero de se abastecer na piscina para combater incêndio

A GNR da Guarda identificou hoje um homem de 67 anos, em Albardo, naquele concelho, por ter impedido um helicóptero de combate a incêndios de utilizar água de uma piscina para apagar as chamas próximo daquela localidade.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, o homem atirou pedras ao helicóptero e impediu o piloto de utilizar água de uma piscina situada num terreno agrícola para apagar um incêndio que começou pelas 13h50.

O piloto deu conhecimento da situação e a GNR deslocou-se, posteriormente ao local e identificou o homem, indicou. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda disse à Lusa que o fogo foi extinto pelas 14h24 e foi combatido pelo helicóptero e por quatro viaturas e 17 homens dos bombeiros de Guarda, Gonçalo e Sabugal.

 

LEIA TAMBÉM

Universidade de Coimbra aposta na folha de mirtilo para tratamento da Esclerosa Múltipla

Um projecto de investigação da Universidade de Coimbra aposta no potencial terapêutico da folha de …

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve 12 pessoas em Coimbra por suspeita de tráfico de droga

A Directoria do Centro da Polícia Judiciária anunciou hoje ter detido, na terça-feira, doze pessoas …