Homem barricado em Montemor-o-Velho depois de alegadamente assassinar dois familiares

Um homem, de 41 anos, barricou-se na sua habitação em Arazede, no concelho de Montemor-o-Velho depois de ter alegadamente matado dois familiares. A GNR montou um perímetro de segurança pela em torno da habitação do suspeito, avançou a SIC, que se poderá também ter suicidado.

As autoridades ainda não conseguiram comunicar com o alegado homicida, estando por isso em aberto a possibilidade de este se ter suicidado na habitação. Suspeita-se que o caso poderá basear-se num conflito familiar. À SIC, um jornalista no local adiantou que o homem regressou do Luxemburgo (para onde emigrou) há cerca de três meses e deixou, na sua página no Facebook, “uma espécie de carta de despedida”.

A mesma fonte adiantou que as vítimas podem ser o pai e a mãe do suspeito, estando a avó presa na habitação. No local estão, neste momento, cerca de 30 operacionais da GNR e o Corpo de Intervenção está a caminho do local.

LEIA TAMBÉM

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …