Homem caiu na via e foi atropelado mortalmente em Aldeia Formosa

António José Ferreira, residente em Aldeia Formosa tinha acabado de abandonar a pastelaria, onde assistiu ao jogo de futebol quando, no momento em que atravessava a estrada – a EN231-2 – para se dirigir para casa, acabou por cair .

Uma queda  que se veio a revelar fatal para o homem que ainda chegou a ser auxiliado por um habitante de Seixo da Beira, que se apercebeu do sucedido, acabando ambos por ser apanhados por uma viatura que se deslocava no sentido Seixo – Vila Franca da Beira.

De acordo com o que correiodabeiraserra.com apurou, a viatura conduzida por uma habitante de Vila Franca da Beira efetuava uma ultrapassagem, pelo que apenas se terá apercebido dos dois homens, dos quais era conhecida, no momento do atropelamento.

António José Ferreira não resistiu à violência do embate. Ainda foi transportado pelos bombeiros para o Centro de Saúde de Oliveira do Hospital, mas não reagiu favoravelmente às manobras de reanimação, acabando por lhe ser declarado o óbito naquele local. O corpo seguiu para o Instituto de Medicina Legal, estando o funeral marcado para as 16h00 de amanhã.

Do atropelamento resultou ainda um ferido grave. Clemente Figueiras, de 75 anos, que prestava auxílio ao indivíduo caído na via, sofreu ferimentos ao nível dos membros superiores e inferiores e também da cabeça. O homem encontra-se internado nos Hospitais da Universidade de Coimbra.

Conhecido da vítima mortal e das restantes pessoas envolvidas no atropelamento, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital já teve oportunidade de lamentar o sucedido. “Mais uma situação trágica no concelho”, referiu José Carlos Alexandrino, numa altura em que a Cordinha ainda faz o luto da morte do autarca de Vila Franca da Beira, vítima de Gripe A.

Para além de lamentar a morte de António José Ferreira e de se revelar solidário com a dor da família – deixa mulher e três filhos – o presidente da Câmara mostrou-se igualmente sensível para com o momento difícil por que está a passa o ferido grave e a autora do atropelamento que “ficou em estado de choque”.

O socorro às vítimas foi assegurado pelos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira, que se deslocaram ao local com seis viaturas e contaram com o auxílio da SIV de Seia.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …