Gripe A

Hospital da Guarda diagnosticou este mês 13 casos de Gripe A

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda anunciou hoje que o serviço de urgências do hospital daquela cidade diagnosticou este mês 13 casos de Gripe A e deu uma “resposta eficaz” à situação.

“Foram diagnosticados nas últimas horas, no serviço de urgências da ULS da Guarda, seis casos de Gripe A. Desde o início do mês até à data contabilizaram-se no total 13 casos”, refere um comunicado do Gabinete de Comunicação e Imagem daquela unidade de saúde, acrescentando que nesta altura mantém-se “em observação”, no serviço de urgências, um utente, “estando outro na Unidade de Cuidados Intensivos”.

A fonte sublinha ainda que “não há qualquer motivo acrescido para alarme” junto da população da cidade mais alta do país, assegurando que a ULS da Guarda “dispõe de todas as condições de resposta eficaz para este tipo de situações”. Mas por “uma questão de precaução e para evitar a propagação da doença”, a ULS aconselha as pessoas antes de se deslocarem aos Serviços de Saúde contactem primeiro a linha de Saúde 24 através do número de telefone 808242424.

A Gripe A é uma doença provocada pelo novo vírus da gripe pandémica (H1N1) 2009. Este subtipo de vírus, que apareceu recentemente e tem capacidade de infectar os seres humanos, contém genes das variantes humanas, aviária e suína do vírus da Gripe e apresenta uma combinação nunca antes observada em todo o Mundo. Em contraste com o vírus típico da gripe suína, este novo vírus da gripe pandémica (H1N1) 2009 é transmissível entre os seres humanos.

LEIA TAMBÉM

Presidente da República a caminho de Oliveira do Hospital e António Costa reunido com presidentes de Câmara naquela cidade

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, está a caminho de Oliveira do Hospital …

PSA Mangualde interrompe produção devido aos incêndios

A fábrica da Citroën, do grupo PSA, em Mangualde, interrompeu a produção devido aos incêndios …