“Houve pessoas que não perceberam os sinais dos tempos e não prepararam o futuro”

“No passado houve pessoas que não perceberam os sinais dos tempos e não prepararam o futuro”, afirmou hoje o presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, durante a abertura das “I Jornadas da Empregabilidade”.

Num claro recado político ao seu antecessor na governação da Câmara, José Carlos Alexandrino falou sobre a existência de “alguns contactos” com empresários “interessados em investir em Oliveira do Hospital”, mas especificou que “o município não tem hoje condições porque não tem aprovados determinados planos que deveriam ter sido aprovados”.

“Estamos agora a correr contra o tempo para criarmos essas condições”, referiu.

Alegando que a sua “primeira prioridade é inverter este clima de desemprego”, cuja taxa duplica já a média nacional, Alexandrino voltou a falar sobre as pessoas que “todos os dias” lhe continuam a “bater à porta da Câmara a pedir emprego”, e revelou-se muito preocupado com o futuro dos jovens.

“É um drama tremendo perceber que tenho jovens que me poderiam ajudar a construir o concelho e não tenho soluções para isso”, lamentou o autarca, sem deixar de voltar a sublinhar que “a câmara tem gente excedentária” (…) há gente a mais, mas não tenho coragem de os lançar no desemprego”, explicou.

Alexandrino disse ainda comungar da angústia que é viver num país onde o Estado “não criou condições para aproveitar a potencialidade dos jovens que querem trabalhar”.

LEIA TAMBÉM

Viva o 25 de Abril! Sempre! Autor: João Dinis, Jano

Ao 25 de Abril de 1974 e à nossa magnífica “Revolução dos Cravos” se colou …

António Lopes

António Lopes junta acórdão do TCANorte para reforçar acusação no processo contra o município de Oliveira do Hospital

O ex-presidente da Assembleia Municipal (AM) de Oliveira do Hospital António Lopes pediu ao Tribunal Administrativo …